Centella asiática

A centelha asiática ou também como é chamada de kotu Kola ou simplesmente centella asiática é uma plantinha que tem ganhado espaço em nosso país e que possui diversos benefícios interessantes.

De origem indiana, a centella asiática já é produzida em nosso país nos litorais.

Infelizmente não há muitos estudos para comprovação dos benefícios quando o assunto é planta medicinal.

O que se encontra na maioria dos casos são testes em laboratório com animais alguns poucos com humanos

Abaixo vamos falar para que serve essa plantinha baseando em artigos publicados a respeito.

Quais são os benefícios da centella asiática

planta centella asiática

1. Alivia dores nas articulações

Problemas nas articulações como a artrite estão relacionados a inflamações e estudos em ratos feitos no ano de 2014 descobriram que a centella asiática possui propriedades anti-inflamatórias.

Nesse estudo descobriram que a administração oral da centella asiática reduziu a inflamação das articulações, o desgaste da cartilagem e a perda óssea nos ratos

Para essa finalidade recomenda-se usar de 300 a 680mg de extrato da planta 3 vezes ao dia durante 14 dias.

Procure maiores informações com seu médico ou fitoterapeuta.

2. Cicatrização de feridas e diminuição de cicatrizes

Existem pomadas feitas com essa planta e que tudo indica que os resultados são bastante promissores.

Houve um estudo com ratos no de 2015 em que testaram o efeito curativo na pele desses animais e o resultado foi bastante satisfatório.

Na internet ou lojas especializadas são encontrados diversos produtos para a pele a base de centella asiática e eles tem como função diminuir marcas na pele por causa de acne, suaviza irritações na pele e equilibra as imperfeições da pele.

De qualquer forma antes de usar esse tipo de produto é importante buscar maiores informações com médico especialista na área.

3. Reduz a aparência das estrias

De uma certa forma a redução da aparência das estrias na pele é uma extensão do benefício anterior que já citamos.

Há um estudo de 2013 em que notaram que o uso tópico da centella asiática foi capaz de reduzir a aparência das estrias.

Acredita-se que a presença de um composto chamado terpenos nessa planta é o responsável por aumentar a produção de colágeno na pele.

O colágeno por sua vez é uma proteína responsável por dar firmeza à pele e cartilagens em geral., sendo assim o uso de centella asiática pode impedir a formação de novas estrias e até curar algumas marcas existentes.

Existem cremes tópicos contendo 1% de extrato de centella asiática que pode ser passado na área afetada diariamente.

É importante antes do uso desses cremes tópicos fazer o teste para saber se é ou não alérgico ao produto.

Para isso basta passar um poquinho na parte interna do antebraço e esperar 24h para saber se haverá alguma reação alérica.

VEJA TAMBÉM: DIFERENÇA ENTRE ESTRIA BRANCA E VERMELHA

4. Ajuda a diminuir a insônia

A insônia pode ter vários motivos desde um nível de ansiedade elevada até problemas neurológicos envolvidos.

Há casos em que realmente precisa da ajuda de um profissional de saúde qualificado para ajudar no tratamento.

estudos que sugerem que a centella asiática pode ajudar as pessoas a acabar com a insônia de forma natural.

Isso seria possível para as pessoas que têm insônia por causa de ansiedade, estresse e depressão leve, pois essa planta mostra indícios de ajudar nesses casos.

Apesar de haver estudos sugerindo que essa erva pode ajudar a tratar distúrbios do sono, são necessários outros estudos adicionais para confirmar esse hipótese.

De qualquer forma quando o assunto é insônia é utilizado o extrato dessa planta 3 vezes ao dia durante 14 dias.

A dosagem deve ser de acordo com o fabricante ou prescrição de um profissional.

Em todo o caso pode ser usado de 300 a 680mg do extrato de centella asiática por dia.

5. Melhora a circulação sanguínea

Uma pesquisa feita em 2001 com pessoas que tinham inchaços nos tornozelos durante vôos de avião de mais de três horas de duração, mostrou que o uso da centella asiática foi capaz de diminuir tais inchaços.

Nesse estudo as pessoas participantes iniciaram o consumo do extrato da planta dois dias antes do vôo e também no dia seguinte ao vôo.

O resultado foi uma diminuição significativa na retenção de líquidos e inchaço nos tornozelos dos participantes.

Outra pesquisa também chegou a conclusão que essa planta tem um efeito positivo no tecido conjuntivo da parede vascular ajudando assim no tratamento das varizes.

Para obter esses benefícios tanto para as varizes quanto para melhorar a circulação sanguínea pode ser usado o extrato da planta ou mesmo a pomada.

6. Redução da depressão leve, ansiedade e estresse

Tudo indica que o Gotu Kola (centella asiática) ajuda no tratamento da depressão leve, ansiedade e estresse.

Um estudo com 33 pessoas de 2016 serve de base para essa afirmação.

Esses participantes substituíram suas medicações convencionais pela centella asiática durante 60 dias e relataram diminuíção nos sintomas.

Outro estudos com ratos também ajuda a corroborá o estudo anterior citado

Mesmo assim nunca é aconselhável abandonar o tratamento médico, essa doenças são sérias e que devem ser tratadas como tal.

A dosagem é de 500mg de extrato da planta duas vezes ao dia durante 14 dias, em períodos mais críticos a dosagem pode chegar a 2.000 mg ao dia.

Busque mais informações a respeito com seu médico ou fitoterapeuta.

Possíveis efeitos colaterais da Centella asiática

O uso da centella asiática é relativamente seguro e se usado da forma correta.

Em alguns casos pode ocorrer dor de cabeça, dor de estômago ou tontura.

Uma forma segura é iniciar o uso com doses mais baixas e depois aumentando gradativamente até chegar a dose certa.

O extrato deve ser consumido no máximo por 6 semanas, depois deve haver uma pausa de no mínimo de 2 semanas para retomar o consumo.

O uso na pele pode trazer reações alérgicas em algumas pessoas, por isso é importante fazer um teste antes e também sempre comprar de fontes confiáveis, pois a fiscalização desse tipo é baixa.

Pessoas que não podem usar a centella asiaica

O correto é sempre procurar orientação de um profissional antes de fazer o suo de qualquer medicação mesmo que seja a base de ervas.

Existe um grupo de pessoas que a não devem fazer o uso dessa planta que são:

  • mulheres grávidas;
  • mulheres que estão amamentando;
  • pessoas com hepatite ou outra doença hepática;
  • pessoas que irão fazer cirurgia programada para as próximas duas semanas;
  • menores de idade;
  • pessoas com histórico de câncer de pele

Há outro grupo que pode usar, mas antes devem buscar orientação de seu médico:

  • pessoa com diabetes;
  • pessoa com colesterol alto;
  • pessoas que tomam sedativos ou remédios para a ansiedade;
  • pessoas que estão tomando remédios diuréticos

Mais textos relacionados
benefícios da babosa

A aloe Vera é uma planta bastante conhecida em nosso país, popularmente é chamada de babosa. Por morarmos terras tropicais Read more

Inalações

As inalações são maneiras muito eficientes de usufruir de ervas e plantas medicinais. Usadas desde a antiguidade, as Inalações podem Read more

Amoras: Benefícios para a saúde e informações nutricionais

As amoras são umas frutinhas que além de bonitas e saborosas também pode trazer muitos benefícios para a nossa saúde. Read more

Arnica ajuda na dor? Veja o que a ciência diz

A arnica é uma planta muito popular há diversos séculos e utilizada por diversos povos, não apenas por nós brasileiros. Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =