Chá de absinto

O absinto é um dos nomes de uma planta chamada Artemísia absinthium que foi usada em séculos passados como uma bebida alcoólica altamente embriagante e hoje é usada mais como erva medicinal.

Ainda há pessoas que colocam o absinto na cachaça para ser curtida.

Popularmente ela recebe também outros nomes e o mais famoso deles é a “losna”.

Também pode ser chamada de erva-do-fel, alejo, erva-dos-vermes, erva-de-santa-margarida, sintro e outros.

O absinto tem diversos usos como o tratamento de vermes e para ajudar a baixar a febre.

O absinto faz parte da família das Artemísias, existem várias espécies dessa planta e cada uma tem suas indicações e contra-indicações.

Indicações de uso do chá de absinto

São diversas as formas de uso do absinto e também suas indicações, uma dessas formas é a infusão da planta.

Popularmente o absinto é usado para:

  • Tratar a má digestão
  • Problemas uterinas por favorecer a contração uterina
  • Ação anti-inflamatória
  • Melhora as defesas do corpo contra doenças
  • Desintoxica o fígado
  • Aumenta o apetite, mas tira a vontade comer doces
  • Combate azia
  • Combate acidez estomacal
  • Combate a náusea
  • Combate o vômito
  • Ajuda contra os gases intestinais
  • Combate o oxiúrus
  • Bom para a artrite e artrose
  • Bom para problemas de pele
  • Repelente de insetos
  • Bom para acabar com a TPM
  • Estimula a produção do bom colesterol (HDL)
  • Boa para circulação sanguínea

Como fazer o chá de absinto

Para fazer o chá de absinto é bem fácil, deve ser feito em infusão, ou seja, depois que a água levantar fervura a erva é adicionada.

  • Para um litro de água pode ser usada 2 colheres de sopa das folhas da planta.
  • Consumo de 2 a 3 xícaras ao dia.

Saiba bem que tipo de Artemísia estará usando, pois como dito acima existem outros tipos, por isso é bom consumir sob orientação médica ou fitoterápica

Outras formas de preparo do absinto

É bom ressaltar que na hora de comprar o nome mais comum que irá achar é de “losna”, mas na dúvida veja o nome científico que já foi citado anteriormente.

Além da infusão você pode consumir essa erva em forma de tintura ou extrato fluido e pode usar também a compressa.

Se comprar a tintura siga as orientações do fabricante.

Um dos objetivos do uso da tintura da losna é para diminuir a vontade de comer doces, especialmente o chocolate, então para isso usa-se pingar uma gota diretamente na língua para passar a vontade.

O extrato fluido dessa erva pode ser usada a proporção de 40 gotas (2 ml) diluídas em água em jejum, isso ajudará no combate aos vermes.

Já a compressa é usada sobre a pele para problemas como picada de inseto e outros problemas na pele como dermatite, furúnculo, etc.

Cuidados que devem ser tomados com essa planta

Como quase toda erva medicinal o absinto deve ser usado com alguns cuidados, ela pode fazer mal a saúde se usada de forma errada e exagerada.

Evite usar esse chá por mais de 4 semanas consecutivas a menos que tenha indicação de um profissional

Há contraindicação do suco de absinto, faz mal usar essa planta ao natural, quando é feito o chá é eliminado a toxidade dessa planta.

Em caso de gravidez não deve ser usada essa planta, ela pode causar aborto

Pessoas que têm hipertensão arterial também deve evitar o uso.

Seus efeitos colaterais mais conhecidos, principalmente se usada por longo período e/ou doses mais altas do que o recomendado são cólicas abdominais, sangramento, aumento da pressão arterial, diarreias e vômitos,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *