Chá de Angélica

Angélica é uma planta perfumada oriunda do norte da Europa que pode ser usada medicinalmente, usa-se dessa planta as folhas, raiz, caule e sementes.

Ela é utilizada para diversas finalidades entre elas se destacam o uso para acabar com os gases intestinais e outros problemas digestivos.

Sabe-se que a Angélica foi utilizada pelos países escandinavos desde o século XII e na Inglaterra desde o século XVI como planta medicinal e aromatizante (1)

Seu nome científico é Angelica archangelica, mas também é conhecida por outros nomes populares como erva-de-espirito-santo, arcangélica, jacinto-da-Índia, polianto e raiz-do-espirito-santo.

VEJA TAMBÉM: Formas caseiras para acabar com os gases

Para que serve o chá de Angélica

Não apenas o chá da Angélica é utilizado, você encontrará em lojas especializadas também o óleo essencial dessa planta.

O uso principal da Angélica é para problemas relacionadas a digestão, entre eles os gases como já dito anteriormente.

Outros problemas gastrointestinais como indigestão, dor de estômago, refluxo, náuseas e vômitos podem ser tratados com a Angélica (2)

Há outros usos da Angélica, mas que infelizmente as evidências ainda são insuficientes para comprovar sua eficácia, veja a lista abaixo desses usos populares:

Efeitos colaterais

De forma geral o chá de Angélica é bastante seguro se consumido se não consumido em excesso.

Se consumir em excesso pode causar toxidade assim como a maioria das ervas medicinais.

O consumo em excesso desse chá pode aumentar o índice de açúcar na urina e problemas gastrointestinais, por esse motivo pessoas com diabetes ou úlcera deve procurar orientação médica ou fitoterápica.

Não é indicado o consumo desse chá para mulheres grávidas, pois ele pode causar contrações uterinas.

Como fazer o chá de Angélica

Como já dito, normalmente usa-de toda a planta, mas para fazer o chá de Angélica você encontrará a venda das raízes.

Para fazer o chá você usará a medida de 20g da raiz da Angélica para 1 litro de água.

Coloque a raiz na água e leve ao fogo e depois que levantar fervura deixe ainda por uns 10 minutos aproximadamente.

Tome uma xícara 3 vezes ao dia ou a quantidade indicada por um fitoterapeuta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *