6 de dezembro de 2021

Chá de cavalinha emagrece?

O chá de cavalinha contém fortes propriedades diuréticas, que podem contribuir para a rápida perda de peso em determinadas condições.

Neste artigo, você conhecerá melhor o chá de cavalinha e seus efeitos diuréticos.

Se a sua meta para este ano é emagrecer alguns quilos, vai gostar de saber disso.

O que é um chá diurético?

Trata-se de um chá indicado para pessoas que sofrem de retenção de líquidos, um problema de saúde que faz com que a pessoa não elimine corretamente os líquidos que consome, deixando-os acumulados no corpo.

O chá diurético vai favorecer a eliminação do excesso de líquidos e vai eliminar também as toxinas, assim purificando o corpo.

Muitos chás promovem a perda de peso, mas se quer perder peso o chá de cavalinha apenas é indicado para pessoas que sofrem de retenção de líquidos.

Se você sofre desse mal, não pode ignorar esse chá, pois será muito benéfico.

O chá de cavalinha tende a ser mais forte que outros chás diuréticos, e é por isso que a perda de peso nos casos já citados fica muito mais perceptível.

Curiosidades sobre a planta

O chá de cavalinha é indicado também para quem sofre de problemas circulatórios, ou seja, não é só quem tem retenção de líquidos que é indicado para tomar essa infusão.

A cavalinha é uma das plantas mais diuréticas que já foram descobertas, tanto que aumenta a micção em até 30% mais do que o habitual, o que é muita, muita coisa mesmo.

É por isso que seu nome científico, Equisetum, aparece frequentemente na composição de muitos produtos vendidos que promovem a perda de peso.

Se você vir esse nome em algum produto para perda de peso, pode saber que está falando da cavalinha.

Veja também!  Chá Oolong

A cavalinha é uma planta que contém vários componentes, em especial o potássio e a equisetonina.

Além deles, a planta contém minerais essenciais para o bom funcionamento do corpo, como o magnésio, o cálcio, o ácido cafeico e o ácido ascórbico.

Esses minerais estão muito presentes na planta, então você já pode perceber que os benefícios não param na ação diurética.

A cavalinha pode ser consumida, além de em forma de chá, em suplementos em cápsulas ou comprimidos.

Mas apesar de esses suplementos e comprimidos cumprirem o seu papel, muita gente continua preferindo fazer a infusão com a planta que, digamos, não foi “tocada”.

Preferem algo mais puro, que não sofreu muitas mudanças.

Uma outra curiosidade é que o chá de cavalinha pode ser misturado com outros chás para intensificar o sabor.

Pode ser misturado com chás com propriedades similares, como o chá de hortelã e o chá verde, além de ervas como funcho e anis.

Mas se você quer emagrecer, tomar apenas o chá de cavalinha pode ser satisfatório, caso não disponha das ervas faladas acima.

O chá de cavalinha promove melhora nos quadros de cistite, nas infecções do trato urinário, em problemas de próstata e trata pedras nos rins, além de ajudar no tratamento de problemas relacionados à retenção de líquidos, como a gota, o reumatismo e a artrite.

O chá de cavalinha foi usado em estudos médicos e foi descoberto uma coisa muito positiva: é um antioxidante, o que faz com que seja inibido o crescimento das células cancerígenas.

Se você tem propensão a desenvolver o câncer, pode se beneficiar com esse chá.

Quanto é recomendado beber?

O consumo de chá de cavalinha deve ser moderado, ou seja, você deve beber de duas a três xícaras de chá ao longo do dia, nunca mais do que isso.

É importante que o seu médico tenha conhecimento sobre você estar consumido e a quantidade que você consome desse chá.

Se você for usar esse chá para emagrecer, precisa ter mais cuidado ainda, pois é um uso prolongado que precisa ser pausado em alguns momentos.

Até onde esse chá é seguro?

Todos os chás têm o limite da segurança para a insegurança, ou seja, é preciso prestar atenção nos efeitos colaterais e nas contraindicações.

Não é recomendado o consumo durante a gravidez e a lactação, pois os estudos feitos ainda são imprecisos; é impossível atualmente determinar a segurança desse chá para fetos ou recém-nascidos.

Crianças também não devem consumir.

Também não deve ser consumido por pessoas que sofrem de gastrite, azia ou úlceras gastroduodenais, por pessoas que sofrem de diabetes do tipo II, edemas causados por insuficiência cardíaca ou nos rins e que têm deficiência de vitamina B1.

Além desses casos, também não pode ser consumido por:

  • Pessoas propensas a um baixo teor de potássio;
  • Pessoas que usam adesivos de nicotina ou que sejam sensíveis a eles;
  • Pessoas que têm hipotensão ou problemas cardíacos;
  • Quem toma remédios anti-inflamatórios ou aspirina;
  • Pessoas que tomam medicamentos de ação laxante ou diurética;
  • Quem tem problemas de alcoolismo;
  • Quem ingeriu álcool em excesso ou alimentos irritantes.
Veja também!  10 chás seca barriga

Além disso, ainda tem os efeitos colaterais da planta, os quais são muito importantes conhecer.

O consumo do chá de cavalinha em grande quantidade pode causar febre, batimentos cardíacos irregulares e até fraqueza muscular.

Se você toma esse chá por muito tempo, pode sofrer perde de apetite, dor de cabeça, problemas digestivos e também distúrbios nervosos.

Tomar esse chá por mais de 6 semanas seguidas é desaconselhável, pois pode provocar esses sintomas.

Fazer esse tratamento junto de outros diuréticos ou laxantes pode provocar esses sintomas também.

Não deve de forma alguma ser administrado para animais.

Mais textos relacionados
9 chás para emagrecer

Quem não se sente bem na sua casa, a muda ou se muda. O corpo também é uma casa, de Read more

Chás que desincham

Em alguns momentos o corpo das pessoas parece que modifica de uma hora para outra, o que pode chegar a Read more

Chá de sene emagrece?
planta sene

Seja para se sentir melhor consigo mesmo, para aproveitar mais a vida ou pela saúde, muita gente pensa em emagrecer Read more

Chás diuréticos

As bebidas diuréticas são muito valorizadas por seus inúmeros benefícios ao corpo. Dentre essas bebidas, as pessoas dão um destaque Read more