Chá de cavalinha

É inegável o fato de que os chás naturais trazem benefícios para o corpo, mas muitas pessoas não conseguem imaginar a extensão desses benefícios quando toma o chá.

Ela toma a bebida para melhorar a dor de cabeça e logo percebe que seu estômago está melhor.

Dentre os inúmeros chás com benefícios para a saúde encontram-se aqueles dos quais as pessoas detém um menor conhecimento como o chá de rabo de cavalo, ou, como é mais comum ser chamado, chá de cavalinha.

Este artigo é composto pelos benefícios, contraindicações e efeitos colaterais desse chá.

O que é usado para fazer o chá?

Para aproveitar os benefícios medicinais do chá de cavalinha a pessoa deve fazer uma infusão usando o caule da planta.

Antes de saber quais são os benefícios da planta é necessário entender quais são seus princípios ativos.

Eles são a equisetonina, os taninos, o potássio, a sílica, os flavonoides e a vitamina C.

A cavalinha é rica em tudo isso.

Benefícios do chá de cavalinha

imagem: reprodução

Agora que você sabe com o que é preparado o chá de cavalinha e sabe dos seus principais princípios ativos é a hora de tomar conhecimento das propriedades que ele possui, de quais efeitos positivos ele tem no corpo.

Não são poucos, então é recomendado que você preste bastante atenção para não se perder nas informações.

  1. O chá de cavalinha tem fortes propriedades diuréticas, sendo talvez a planta medicinal mais conhecida para ajudar na remoção do excesso de líquidos corporais por meio da urina. Isso acontece por causa das altas quantidades de potássio, flavonoides e saponinas (a equisetosina). Tomando o chá de cavalinha regularmente a pessoa pode aumentar o volume do fluxo urinário em até 30%. Os chás diuréticos são muito recomendados para pessoas que têm problemas de retenção de líquidos, edemas, cálculos renais, gota, infecções urinárias e ainda outras coisas.
  2. As propriedades diuréticas do chá de cavalinha tornam possível o objetivo de muitas pessoas: emagrecer, e ainda rapidamente. Graças à eliminação do excesso de fluidos corporais, o benefício de emagrecer é mais fácil de ser alcançado, principalmente se a pessoa adotar uma dieta com menos calorias e praticar exercícios regularmente.
  3. Além de eliminar os líquidos corporais que estão sobrando no corpo quem toma o chá de cavalinha também consegue eliminar toxinas deixando o corpo mais purificado. Muitas pessoas estão adotando o hábito de realizar um tratamento de purificação corporal por meio de infusões diárias do chá de cavalinha com outras plantas, como o dente-de-leão. É recomendado que se faça o tratamento duas vezes por ano.
  4. O chá de cavalinha promove uma injeção de força ao repor os níveis de minerais que o corpo precisa para estar saudável. Dessa forma, essa bebida nutre os ossos e previne seu enfraquecimento. É por conta disso que é ideal para pessoas que sofrem de osteoporose ou outros problemas ósseos, como para quem precisa de uma cicatrização em lesões ósseas. Por ser uma injeção de força, é muito útil para pessoas que costumam sentir fadiga, cansaço e para quem tem anemia.
  5. O chá de cavalinha possui uma boa quantidade de silício que ajuda a formar o colágeno. Por esse motivo é essencial para quem quer cuidar bem das unhas e da pele, que, além de nutridas ficam livres das bactérias, das toxinas e dos fungos. Mas os benefícios proporcionados pelo silício não vai só até aí. Ele além de ajudar nos problemas de eczemas, espinhas e rugas, ainda beneficia o cabelo que cresce mais rápido e fica com uma textura fabulosa. Por esse motivo pessoas que consomem o chá de cavalinha demoram a ter cabelos grisalhos, calvície e caspa.
  6. O chá é eficaz para quem precisa ter mais flexibilidade nos tendões, como no caso de pessoas que se exercitam todos os dias. Se você é uma delas é recomendado que faça uso do chá de cavalinha.
  7. O chá de cavalinha ainda é muito eficaz para pessoas que demandam de um regenerador celular ou precisam cicatrizar feridas e marcas mais rapidamente. A bebida conta com propriedades adstringentes as quais conseguem controlar e curar hemorragias, dependendo do caso. Isso significa que é um chá recomendado para pessoas com hemorragias nasais (epistaxe), úlceras na pele ou menstruações com um fluxo muito grande.

Contraindicações e efeitos colaterais

Novamente é preciso dizer: não é por ser um produto natural que ele não vai causar danos para certos tipos de pessoas.

O chá de cavalinha normalmente não tem efeitos colaterais para pessoas que tomam a dose diária recomendada que é de duas xícaras.

Também não deve ser tomado por um longo período de tempo, já que faz com que o corpo perca muito potássio.

Se a pessoa toma mais do que a dose recomendada pode passar a ter hipotensão, dores de cabeça, nervosismo, arritmias e perda de apetite.

Quanto às contraindicações, é importante saber que o chá de cavalinha não deve ser tomado por pessoas com insuficiência renal ou qualquer outra doença dos rins, diabetes, tendência a pressão arterial baixa, hipocalemia (quando há baixos níveis de potássio no sangue), alcoolismo, gravidez, amamentação e doenças cardíacas.

Neste último caso é recomendado que a pessoa consulte um médico sobre se pode ou não tomar.

Comentários Desativados