25 de outubro de 2021

Chá de erva-de-São-João (hipérico) e a depressão

Este texto tratará sobre as principais características do chá de Erva-de-São-João (hipérico) e de forma especial de sua eficácia sobre a depressão.

Há estudos na Europa que mostram o quanto que a uma pessoa com depressão pode se beneficiar com o uso dessa erva.

A erva-de-São-João não é nativa de nosso país ela cresce em regiões temperadas.

O seu nome científico é Hypericum Perforatum.

O uso dessa planta como erva medicinal é bastante antigo, já há relatos de seu uso na antiga Grécia.

O seu uso popular não se restringe apenas ao tratamento da depressão, mas se estende para

  • ansiedade;
  • cortes;
  • queimaduras;
  • câncer;
  • doenças bacterianas entre outras.

A erva-de-São-João tem gerado muito dinheiro em alguns países, especialmente nos países da Europa em que milhões de pessoas fazem o consumo.

Erva-de-São-João e a depressão

A eficácia da erva-de-São-João como agente antidepressivo é uma das coisas que tem tido mais estudos.

O consumo de erva-de -São-João para o tratamento da depressão pode ser em forma de cápsulas, tinturas e chás.

Em países europeus e até nos Estados Unidos a erva-de-São-João movimenta bilhões de dólares por causa de seu uso para o tratamento da depressão.

Os transtornos de humor como a depressão são doenças relativamente comuns entre a população geral.

No mundo cerca de 3-5% da população precisa de tratamento da depressão.

A depressão traz uma série de sintomas que afetam diretamente a vida do sujeito que o tem, sentimentos mais comuns são:

  • tristeza;
  • culpa;
  • perda de interesse por atividade que antes tinha;
  • padrão irregular de sono;
  • perda de energia dentre outros.

O pior sintoma que pode afetar uma pessoa depressiva que ocorre com relativa frequência são os pensamentos suicidas.

Acredita-se que uma modificação neuroquímica seja responsável pela depressão, especificadamente uma deficiência de neurotransmissores de amina como a acetilcolina, norepinefrina, dopamina e serotonina (5-hidroxitriptamina [5-HT]).

Os remédios tem como função elevar os níveis desses neurotransmissores.

Diversos estudos corroboraram a eficácia de que a erva-de-São-João é eficaz no tratamento da depressão, alguns inclusive dizem que ela seria tão eficaz quanto os remédios sintéticos.

Apesar de haver esses estudos dizendo do uso da erva-de-São-João para o tratamento da depressão é aconselhado sempre seguir a orientação médica, não estamos aconselhando a suspensão de nenhum medicamento convencional.

Outros benefícios do chá de erva-de-São-João

Há diversos usos da erva-de-São-João para a saúde além do tratamento da depressão.

Entre elas podemos destacar sua ação:

  • antibacteriana;
  • suas propriedades anticancerígenas;
  • ação antioxidante;
  • ação anti-inflamatória
  • e como cicatrizante de feridas.

Não apenas o seu chá, mas qualquer outra forma de consumir a erva-de-São-João.

A depender da necessidade é preciso escolher uma forma de uso.

Efeitos adversos do chá de erva-de-São-João

O uso da erva-de-São-João é bastante seguro se for em dosagens normais.

Alguns efeitos adversos mais comum podem ser sentidos como:

  • gastrointestinais;
  • reações alérgicas;
  • tontura;
  • confusão;
  • inquietação
  • e secura na boca.

Se aparecer algum desses efeitos geralmente é de forma leve e transitória.

Sempre é aconselhável fazer o consumo de no máximo 3 a 5 xícaras por dia do chá de erva-de-São-João, não é necessário mais do que isso.

Caso a pessoa esteja tomando algum tipo de medicamento ou tenha alguma condição de saúde específica é importante relatar ao médico para saber se pode ou não fazer o uso dessa erva.

Algumas condições que merecem atenção são:

  • Quem faz uso de medicamento para HIV
  • Pacientes transplantados
  • Mulheres que fazer uso de contraceptivos
  • Quem faz uso de antidepressivos tricíclicos, amitriptilina, paroxetina, nortritilina, anticonvulsivantes, anticonvulsivantes, anticoagulantes, femprocumona e varfarina

Como fazer o chá de erva-de-São-João

É bem simples fazer o chá de erva-de-São-João, faça em infusão.

  1. Basta fazer a medida de 1 colher de sopa para meio litro de água.
  2. Depois que a água ferver desligue o fogo e acrescente a erva.
  3. Depois de 10 minutos pode coar e tomar.
Mais textos relacionados
Os benefícios do chá de alfavaca
pé de alfavaca

A alfavaca ( Ocimum gratissimum, L. ) conhecida popularmente como manjericão, é bastante cultivada na Índia, sendo usada para fins Read more

Chá de urtiga: Saiba tudo sobre seus benefícios

A urtiga é uma plantinha muito conhecida no nosso país, a depender de sua idade e de onde nasceu provavelmente Read more

Hibisco

O chá de hibisco é feito de uma plantinha nativa da África e da América e faz muito sucesso por Read more

6 benefícios científicos do chá e extratos de hortelã

A famosa hortelã é uma plantinha muito aromática e muito conhecida por nós brasileiros, o seu uso não se restringe Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *