24 de junho de 2022

Chá para labirintite

Encontrar um bom chá para labirintite pode ser o primeiro passo para começar a tratar o problema em casa.

Uma vez que, quem sofre com este desconforto sabe o quanto as tarefas corriqueiras podem ser inibidas por conta disso.

Desse modo, recorrer a produtos naturais como chás, pode ser uma alternativa e tanto para iniciar um processo de tratamento.

Foi pensando nisso, no entanto, que preparamos este artigo de hoje.

Nele ensinaremos o que é, quais são as causas e quais os melhores chás para labirintite. Confira a seguir:

O que é e quais são as causas da labirintite?

A labirintite nada mais é do que uma doença que acomete o nosso ouvido, afetando o que chamamos de “labirinto”.

Este, por sua vez, é responsável por manter o nosso equilíbrio, ou seja, é responsável por esse reconhecimento que temos do mundo físico a nossa volta.

Quando esta região está lesionada, passamos a ter dificuldades de nos localizar sem ficar tontos ou “pisar em falso”.

Ou seja, quando temos estes sintomas, é porque certamente a labirintite já está presente em nossas vidas.

O labirinto passa a ter dificuldade de reconhecer o mundo a nossa volta, levando informações ao cérebro que dizem que estamos em movimento, mesmo quando parados.

Contudo, as principais causas desse problema podem variar.

Ainda que não se tem uma causa bem especificada, mas busca-se algumas alternativas para compreender o problema. São elas:

  • Infecções e inflamações, como resfriados, gripes, otites, sinusites;
  • Doenças neurológicas;
  • Presença de tumores benignos e malignos;
  • Alterações genéticas;
  • Alergias a remédios utilizados no tratamento de infecções auditivas;
  • Entre outros.

Veja outros remédios caseiros para labirintite

Opções de chá para labirintite

Agora que você já conheceu as principais causas, vamos aos chás que podem ajudar a tratar do problema de uma forma mais natural.

Veja a seguir:

1. Chá de alecrim, erva doce e cravo da índia

Existem algumas plantas medicinais que tratam as inflamações no nosso corpo podendo desencadear um efeito inibidor dos sintomas da labirintite.

Dentre elas, temos a perfeita combinação entre alecrim, erva doce e cravo da índia.

Para usufruir dos seus efeitos positivos, basta preparar o chá da seguinte maneira:

Ingredientes:

  • 250 ml de água filtrada;
  • 1 colher de chá de erva doce;
  • 1 colher de chá de alecrim;
  • 2 cravos da índia.

Modo de preparo:

  • Em uma panela, leve a água ao fogo e espere ferver.
  • Assim que subir a ebulição, desligue o fogo e acrescente os demais ingredientes. Abafe tampando a panela.
  • Deixe descansar por 10 minutos.
  • Em seguida, coe a mistura, removendo os ingredientes, e beba o chá ainda morno.
  • Importante: o máximo indicado para consumo diário é de apenas 3 xícaras. Ultrapassar esta quantidade pode acarretar em efeitos colaterais para o seu organismo.

2. Chá de Ginkgo Biloba

Outra fonte natural poderosíssima para tratar a labirintite é o chá de Ginkgo Biloba.

Veja a seguir como prepará-lo:

Ingredientes:

  • 500 ml de água filtrada;
  • 2 colheres de sopa de folhas de Ginkgo Biloba (pode ser usado o pó também).

Modo de preparo:

  • Primeiramente, ferva a água em uma panela com tampa.
  • Assim que subir a fervura, desligue o fogo, acrescente as folhas de ginkgo biloba e tampe para abafar.
  • Aguar 15 minutos e coe a mistura em seguida.
  • Beba normalmente.
  • Importante: assim como no caso da receita anterior, este chá não deve ultrapassar o consumo diário de 3 xícaras da bebida.

Contraindicações

Apesar de estarmos tratando de bebidas, chás e produtos naturais, é sempre interessante nos atentarmos as possíveis contraindicações.

Assim poderemos evitar efeitos colaterais que possam acarretar em uma piora do quadro, por exemplo.

Desse modo, gestantes e lactantes não devem fazer o consumo destas ervas em conjunto, pois pode acarretar em complicações importantes.

Além disso, quem decidir por consumir a segunda opção de chá, a de ginkgo biloba, deve ficar atento para não combinar esta bebida com o consumo de ácido salicílico.

Portanto, se algum outro tratamento que você esteja fazendo, tem a presença deste ácido, é melhor descartar essa opção da sua lista de chá para labirintite.

Visto isso, consuma sempre de modo consciente, não ultrapassando o máximo recomendado para não acarretar em problemas futuros.

Afinal, todo excesso pode fazer mal para o nosso corpo, não é mesmo?

Mais textos relacionados
Os benefícios do chá de alfavaca
pé de alfavaca

A alfavaca ( Ocimum gratissimum, L. ) conhecida popularmente como manjericão, é bastante cultivada na Índia, sendo usada para fins Read more

Chá de urtiga: Saiba tudo sobre seus benefícios

A urtiga é uma plantinha muito conhecida no nosso país, a depender de sua idade e de onde nasceu provavelmente Read more

Hibisco

O chá de hibisco é feito de uma plantinha nativa da África e da América e faz muito sucesso por Read more

6 benefícios científicos do chá e extratos de hortelã

A famosa hortelã é uma plantinha muito aromática e muito conhecida por nós brasileiros, o seu uso não se restringe Read more

chá para infecção urinaria