25 de outubro de 2021

Chá para má circulação sanguínea

Beber chá para má circulação sanguínea pode ser uma opção interessante para quem busca uma vida mais saudável e equilibrada.

Afinal, o problema de má circulação muitas vezes pode desencadear outras doenças, como a trombose.

Tratar deste “mal”, mesmo antes dele evoluir, é crucial para garantir uma melhor qualidade de vida.

No entanto, preparamos um texto para que você identifique a presença da má circulação e conheça qual a melhor opção de chá para você.

Acompanhe a seguir

Como identificar a má circulação

Primeiramente, vale ressaltarmos que a má circulação surge a partir do momento em que partículas de gordura ficam presas nas paredes dos vasos sanguíneos.

Como consequência, o nosso sangue passa a ter dificuldades de ultrapassar essas barreiras.

Essa vasoconstipação, no entanto, aparece com sintomas externos bem específicos. Dentre eles, temos:

  • Pés e mãos constantemente gelados: independente da temperatura ambiente, a pessoa tem dificuldade em manter aquecidos os pés e as mãos.
  • Formigamento: as extremidades do corpo, como os dedos, apresentam formigamento e dormência frequentemente, sem motivo externo aparente.
  • Dores nas pernas: dores que surgem sem uma razão externa. A dor aparece depois de alguns minutos em pé ou sentado, sendo que a pessoa ainda não está, de fato, cansada.
  • Membros dormentes: sentir as pernas, os braços, as mãos, os pés e até mesmo o nariz dormentes é outro sinal de má circulação.

No entanto, se você reconhece alguns desses sintomas como algo recorrente em sua vida, talvez esteja no momento de tratá-lo.

Além de buscar alternativas com chá que estimulem a circulação, procure sempre manter o corpo aquecido, visto que o frio estreita ainda mais as artérias, agravando o caso.

Dessa forma, durante o inverno, redobre os cuidados e consuma bastante bebida quente.

Para isso, no entanto, inclua os seguintes chás na sua dieta e melhore a circulação a partir de hoje:

Chás para má circulação

Chá de camomila

O chá de camomila é um ótimo estimulante da circulação sanguínea. Dilatando as artérias (suavemente), e aquecendo o nosso corpo.
Para prepará-lo, é bem simples:

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de flores de camomila picadas;
  • 1 xícara de chá de água filtrada.

Modo de preparo:

  • Basta ferver a água e, em seguida, acrescentar as flores picadas de camomila.
  • Tampe o recipiente e deixe a infusão agir por 10 minutos.
  • Depois é só coar e beber em seguida.

Chá de erva mate

O chá de erva mate é um ótimo estimulante, sendo uma opção interessante para tratar a má circulação sanguínea.

Ingredientes:

  • 1 litro de água filtrada;
  • 4 colheres de sopa de erva mate.

Modo de preparo:

  • Ferva a água e acrescente a erva mate.
  • Tampe a panela e deixe descansar por apenas 5 minutos.
  • Depois é só coar e beber ao longo do dia.

Chá de dente-de-leão

Para quem está em busca da reativação saudável da circulação sanguínea, o interessante é apostar no chá de dente-de-leão.

Isso porque este chá apresenta importantes propriedades desintoxicantes, que manterão as suas artérias sempre limpas e livres de toxinas.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de dente-de-leão;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

  • Depois que a água ferver, acrescente a colher de chá de dente-de-leão.
  • Deixe ferver por mais 2 minutos e, em seguida, desligue o fogo e tampe a panela.
  • A infusão precisa ser feita durante 3 minutos apenas. Em seguida, você já poderá coar e beber o chá normalmente.

Chá de cavalinha

A cavalinha é outro potente chá para o tratamento de má circulação sanguínea.

Isso porque o mesmo é responsável por prevenir o endurecimento das artérias, além de eliminar o excesso de lipídios.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de cavalinha;
  • 1 litro de água filtrada.

Modo de preparo:

  • Ferva o litro de água filtrada.
  • Em seguida, transfira a água para uma garrafa e vidro e acrescente a cavalinha.
  • Deixe repousar por 10 minutos e coe.
  • Depois é só beber o chá ao longo do dia.

Chá de alecrim

O consumo de chá de alecrim garante uma melhor fluidez na circulação sanguínea.

Visto que o mesmo é um potente antioxidante, responsável por manter o nosso corpo longe dos radicais livres.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de alecrim seco e picado;
  • 500 ml de água filtrada.

Modo de preparo:

  • Ferva a água em uma panela com tampa.
  • Assim que iniciar a ebulição, acrescente o alecrim picado.
  • Com o fogo baixo, mexa a mistura por mais 5 minutos.
  • Em seguida, tampe a panela e deixa descansar por 5 minutos.
  • Depois é só coar, adoçar a gosto e beber 3 vezes no dia.

Pratique uma vida mais saudável

Além de cuidar da saúde a partir do consumo de chás naturais, pratique uma vida mais saudável a partir de uma alimentação balanceada e exercícios regulares.

Dessa maneira, o seu corpo estará sempre saudável em equilíbrio.

Lembre-se que os chás devem complementar uma vida saudável, e não ser a única opção natural na sua dieta.

Mais textos relacionados
Os benefícios do chá de alfavaca
pé de alfavaca

A alfavaca ( Ocimum gratissimum, L. ) conhecida popularmente como manjericão, é bastante cultivada na Índia, sendo usada para fins Read more

Chá de urtiga: Saiba tudo sobre seus benefícios

A urtiga é uma plantinha muito conhecida no nosso país, a depender de sua idade e de onde nasceu provavelmente Read more

Hibisco

O chá de hibisco é feito de uma plantinha nativa da África e da América e faz muito sucesso por Read more

6 benefícios científicos do chá e extratos de hortelã

A famosa hortelã é uma plantinha muito aromática e muito conhecida por nós brasileiros, o seu uso não se restringe Read more