24 de junho de 2022

Chás para gastrite

Os chás para gastrite podem ser uma opção de efeito rápido para quem busca aliviar os sintomas deste problema.

Além do mais, só quem o tem sabe o incômodo que o mesmo pode provocar.

Afinal, por se tratar de um desconforto tão imenso, a gastrite pode muitas vezes atrapalhar a rotina e a vida das pessoas, inibindo-as de cumprir suas atividades corriqueiras, por exemplo.

No entanto existem algumas opções de tratamentos naturais que podem aliviar o problema, trazendo outra perspectiva de vida para quem sofre com isso.

Por esse motivo, montamos a seguir um guia para que você conheça as melhores opções de chás para gastrite e comece hoje mesmo a inibir os sintomas deste desconforto.

Veja a seguir:

O que é e o que causa a gastrite?

Antes de nos adentrarmos as opções de chás, é importante enfatizarmos do que se trata a gastrite e quais são as suas causas.

Esta doença é, no entanto, a inflamação do revestimento do estômago.

As causas são variadas, não podendo ser associada a apenas um fator.

Dentre elas, temos:

  • Má alimentação: quando a pessoa acostuma-se a consumir alimentos gordurosos em excesso, além de beber muito refrigerante e se alimentar com comidas ácidas demais, ela poderá desencadear a gastrite.
  • Questões psicológicas: o nosso corpo nada mais é do que a harmonia entre a nossa mente e o nosso físico. Sendo assim, quando estamos com o emocional desequilibrado, a nossa saúde física tende a ficar comprometida. É o que chamamos de psicossomatização, quando a desarmonia mental “soma” no corpo. É aí que a gastrite surge: a partir de um estresse, de uma ansiedade, etc.
  • Consumo excessivo de álcool: o álcool é outro rival da saúde do nosso estômago. Quando ingerido em excesso, pode acarretar no aparecimento da inflamação do revestimento estomacal.
  • Bactérias: Existem bactérias que também são responsáveis pelos mais diversos quadros e intensidades de gastrite.

Sendo assim você deverá se atentar a causa do seu problema para, além de consumir os chás, resolver o “mal” cortando a sua raiz.

Como por exemplo, melhorando a alimentação, reduzindo o consumo de álcool e cuidando da sua saúde mental.

Tratando a gastrite com chás

Agora que você já pode reconhecer a causa da gastrite, vamos aos chás que podem lhe auxiliar no processo de tratamento da doença:

1. Chá de camomila

A camomila é conhecida por todas as suas propriedades calmantes e regenerativas.

Por essa razão, é indicada para o tratamento de problemas estomacais como a gastrite.

A mesma trabalhará no processo de recuperação da mucosa do estômago, diminuindo os sintomas da doença e melhorando a saúde digestiva.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de flor de camomila picada;
  • 1 litro de água filtrada.

Modo de preparo:

  1. Ferva a água filtrada e acrescente as duas colheres de camomila picada.
  2. Desligue o fogo e tampe a panela, deixando descansar por pelo menos 10 minutos.
  3. Depois que atingir uma temperatura agradável para beber, beba o litro do chá ao longo do dia, dividindo em 4 porções de 250 ml.

2. Chá de boldo

O chá de boldo é um dos mais clássicos quando o assunto é tratar problemas estomacais.

Isso porque o mesmo é responsável por proteger a mucosa do estômago, graças a sua propriedade medicinal chamada cineol (um óleo essencial que trata diretamente o revestimento estomacal).

Para sentir os efeitos positivos deste tratamento, procure consumir o chá 3 vezes ao dia, logo após as refeições.

No entanto, não prolongue este consumo para mais de três semanas, pois pode ser prejudicial.

Ingredientes:

  • 10 folhas de boldo;
  • 700 ml de água filtrada.

Modo de preparo:

  1. Ferva a água e desligue o fogo.
  2. Acrescente as folhas de boldo, tampe a panela e deixe a infusão agir por pelo menos 15 minutos.
  3. Em seguida, retire as folhas e beba 3 vezes ao dia, por, no máximo, 3 semanas.

3. Chá de aloe vera

A Aloe Vera, também conhecida como babosa, é sempre destaque quando o assunto é cura natural.

Afinal, sabemos que o seu poder cicatrizante é uma das maiores qualidades da planta.

Portanto, o seu consumo pode fortalecer as paredes estomacais, regenerando-as e recuperando-as de possíveis danos.

Ingredientes:

  • 500 ml de água filtrada;
  • 5 colheres da “baba” da babosa (aquele gel dentro das folhas).

Modo de preparo:

  1. Ferva a água filtrada e, em seguida, acrescente a babosa.
  2. Bata no liquidificador e adoce se preferir.
  3. Consuma 2 xícaras por dia.

Seguindo estas dicas, você sentirá que as dores estomacais diminuirão gradativamente.

Mais textos relacionados
Os benefícios do chá de alfavaca
pé de alfavaca

A alfavaca ( Ocimum gratissimum, L. ) conhecida popularmente como manjericão, é bastante cultivada na Índia, sendo usada para fins Read more

Chá de urtiga: Saiba tudo sobre seus benefícios

A urtiga é uma plantinha muito conhecida no nosso país, a depender de sua idade e de onde nasceu provavelmente Read more

Hibisco

O chá de hibisco é feito de uma plantinha nativa da África e da América e faz muito sucesso por Read more

6 benefícios científicos do chá e extratos de hortelã

A famosa hortelã é uma plantinha muito aromática e muito conhecida por nós brasileiros, o seu uso não se restringe Read more

chá para infecção urinaria