2 de julho de 2022

Cumaru

Nativa da região Nordeste do Brasil, o Cumaru, é hoje uma PANC com diversas utilizações na cozinha – desde que com cautela (ver em Cuidados).

Por décadas, a planta era usada apenas para a extração de madeira (seu tronco) e, eventualmente, suas sementes eram empregadas na indústria cosmética e farmacológica.

A parte do Cumaru (Dipteryx odorata) utilizada na alimentação é a casca das sementes.

A PANC pode ser consumida em forma de farinha ou como bálsamo aromatizante em receitas, devido ao seu sabor marcante e adocicado, que se aproxima ao da baunilha.

Outros nomes populares dessa planta são: cambaru, amaru-ferro, champanha, cambaru-ferro. cumaru-da-folha-grande, cumaru-amarelo, cumaru-ferro, cumaru-escuro , cumaru-roxo, cumaru-rosa, cumbari, cumaru-verdadeiro, muirapagé, cumbaru-ferro.

Propriedades e benefícios do Cumaru

O Cumaru se destaca por ser rico em ácidos graxos que nutrem o organismo, como:

  • Ácido linoléico;
  • Ácido esteárico;
  • Ácido palmítico;
  • Ácido linolênico;
  • Ácido araquídico;
  • Ácido oléico;
  • Ácido lignocérico;
  • Ácido behênico.

Assim, essa planta traz diversos benefícios a nossa saúde, sendo os principais deles:

  • Alivia cólicas menstruais e uterinas;
  • Fortalece o coração;
  • É broncodilatadora, ajudando no alívio dos desconfortos da asma, sinusite, bronquite, gripes e resfriados;
  • Tem efeito diurético e reduz inchaços e toxinas;
  • Tem efeito anti-inflamatório para a pele e para o estomago;
  • Reduz dores em gerais, como musculares, reumáticas e dor de cabeça; entre outros.

O Cumaru na cozinha

Como mencionado, essa PANC tem se relevado, nos últimos anos, um excelente ingrediente aromático para dar um sabor especial às receitas.

A melhor forma de usar o Cumaru é na forma de farinha (que pode ser adquirida pronta) ou fazendo um xarope caseiro.

O xarope caseiro do Cumaru (vide receita abaixo) pode substituir a baunilha e outras especiarias.  

Preparo do Cumaru e receitas

1 – Xarope de Cumaru

Ingredientes:

  • ½ xícara de chá de cascas de Cumaru quebradas;
  • 1 xícara de chá de açúcar;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

  1. Misture as cascas de Cumaru com o açúcar.
  2. Leve ao fogo baixo e vá misturando e acrescentando a água aos poucos.
  3. Não pare de mexer até que obtenha ponto de xarope.
  4. Deixe o xarope esfriando, tampado por 2 horas.
  5. Depois, guarde em um recipiente fechado no refrigerador.
  6. O xarope pode ser usado como ingrediente para receitas sempre que quiser.

Dica: uma colher de café do xarope substitui 5 gotas de essência de baunilha.

2 – Chá de Cumaru

Ingredientes:

  • ½ meia xícara de chá da cascas de Cumaru;
  • 300 ml de chá de água.

Modo de preparo:

  1. Coloque a água e as cascas de Cumaru para ferver.
  2. Deixe fervendo por 5 minutos.
  3. Desligue o fogo e abafe a infusão por 10 minutos.
  4. Espere amornar e coe.

3 – Pudim de leite com Cumaru

Ingredientes:

  • 1 lata de leite condensado;
  • 2 colheres de café de xarope de Cumaru;
  • 4 ovos;
  • 1 caixa de creme de leite;
  • 1 xícara de chá de leite morno;
  • 1 xícara de chá de açúcar.

Modo de preparo:

  1. Leve ao fogo médio o leite condensado e o creme de leite, mexendo até que esquente – não deixar ferver.
  2. Adicione o xarope de Cumaru, mexa bem e desligue o fogo. Reserve.  
  3. Em um recipiente, bata ligeiramente os ovos, até misturar as claras com as gemas.
  4. Junte os ovos batidos à mistura feita no fogo e reserve.
  5. Agora, faça um caramelo com o açúcar em uma panela.
  6. Cubra um refratário de alumínio com o caramelo.
  7. Distribua o pudim pelo refratário.
  8. Cozinhe o pudim em banho-maria (tampado), a 160 º C, por 50 minutos.
  9. Espere esfriar e leve ao refrigerador por 6 horas.
  10. Desinforme.

Cuidados com o consumo do Cumaru!  

É preciso cuidados ao consumir essa PANC, isso porque em excesso ela pode causar intoxicação.

Não se recomenda consumir mais do que 1 litro de chá de Cumaru por dia, nem mais de 5 colheres de sopa do xarope por dia.

Deve-se evitar o consumo do Cumaru:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Crianças com menos de 3 anos de idade;
  • Pessoas com problemas ou doenças do fígado.
Mais textos relacionados
Lista com as principais PANCs (Plantas Alimentícias não convencionais)

Antes do "boom" dos alimentos industrializados quando ainda existia uma população rural grande era bem comum que as pessoas comesse Read more

Plantas Alimentícias Não Convencionais

Nos últimos anos, as PANCS (Plantas Alimentícias Não Convencionais) começaram a ganhar destaque na gastronomia e também na saúde, pelas Read more

Almeirão-do-campo

O Almeirão-do-campo (Hypochaeris radicata L.) se trata de uma planta nativa da região Sul do país. Por muito anos era Read more

Arumbeva
arumbeva

A Arumbeva (Opuntia elata Salm-Dyck) é mais uma PANC rica em propriedades nutricionais e que, há muito tempo, era usada Read more

chá para infecção urinaria