16 de janeiro de 2021

Erva-de-Bicho

erva de bicho

A erva-de-bicho (Polygonum punctatum) é uma planta que se encontra praticamente em todo país, mas de forma especial no Rio Grande do Sul, Sul e Sudeste.

Um dos seus usos mais conhecidos pela medicina popular é contra varizes e úlceras varicosas.

Ela também é conhecida por outros nomes populares que variam de acordo com cada região do país como acataia, cataia, capiçoba, pimenta-do-brejo ou pimenta-d’água.

A erva-de-bicho é uma espécie de planta que vive bastante e é encontrada principalmente em locais úmidos ou inundados.

leia também: A castanha-da-índia é excelente no tratamento das varizes

Benefícios conhecidos da erva-de-bicho

Diversos benefícios e usos são atribuídos à erva-de-bicho popularmente, alguns desses benefícios já são comprovados e outros não.

Como já citado anteriormente essa erva é realmente eficaz no tratamento de varizes e úlceras varicosas.

Veja quais sãos os outros benefícios da erva-de-bicho:

  • ação anti-inflamatória
  • ação antialérgica
  • diarreia
  • vermes intestinais
  • reumatismo
  • feridas
  • queimaduras
  • problemas estomacais
  • fungicida (candidíase)
  • antimicrobiano
  • estimula circulação sanguínea
  • cicatrização de feridas
  • analgésica
  • tratamento de hemorroidas
  • eczema
  • erisipela
  • evita varizes
  • atividade anti-hemorrágica

Modos de uso

Dessa planta pode ser feito chá também, mas ela é usada principalmente topicamente, por esse motivo é muito usada a pomada.

Um uso populara da erva-de-bicho é o banho de assento para tratar alguns problemas como hemorroidas e candidíase vaginal

Banho de assento com erva-de-bicho

ingredientes

  • 4 colheres (sopa) de erva-de-bicho seca
  • 1 litro de água fervente

modo de uso

  1. Em uma bacia despeje a água fervente e a erva-de-bicho
  2. Depois que estiver em uma temperatura agradável e suportável sente na bacia por aproximadamente 20 minutos
  3. Esse banho de assento deve ser feito até 4 vezes ao dia

Pomada de erva-de-bicho

Para fazer a pomada de erva-de-bicho não é difícil e ela pode ser usada sobre a pele para diversos problemas, inclusive para o tratamento de hemorroidas.

ingredientes

  • 3 colheres de folhas secas de erva-de-bicho
  • 100ml de óleo mineral
  • 30ml de parafina líquida

modo de preparo

  1. Leve ao fogo as folhas da erva e com o óleo mineral
  2. Em fogo baixo deixe ferver por aproximadamente 10 minutos (sempre mexendo)
  3. Depois desligue o fogo e coe
  4. Misture com a parafina líquida até formar uma mistura homogênea
  5. Coloque em um recipiente de vidro e com tampa

Cuidados que se deve ter

A erva-de-bicho é uma planta que não apresenta toxidade se consumida nas doses certas e sem exagero, mas pessoas com condições especiais de saúde devem buscar sempre orientação médica.

A erva-de-bicho não deve ser usada por mulheres grávidas, ela tem efeito abortivo.

Leia também: Cuidados com alguns chás potencialmente abortivos

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

MENES, Beatriz Ferreira. Estudo farmacognóstico e avaliação da atividade farmacológica do extrato hidroalcoólico de Polygonum acre (erva-de-bicho). 2012. 129 f. Trabalho de conclusão de curso (Farmácia-Bioquímica) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2012. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/119965>.

Mais textos relacionados
Inalações

As inalações são maneiras muito eficientes de usufruir de ervas e plantas medicinais. Usadas desde a antiguidade, as Inalações podem Read more

Unguentos

Os Ungentos de ervas e plantas medicinais também são conhecidos como bálsamos; São usados há séculos e tem emprego externo Read more

Pomadas

Outra forma de usufruir de ervas e plantas medicinais é por meio de Pomadas. A pomada é eficaz para auxiliar Read more

Conhece o Pariri? Saiba quais sãos os benefícios dessa planta
planta pariri

Pariri ou também chamada por alguns de crajiru (nomes científicos arrabidaea chica ou fridericia chica) é uma excelente planta para Read more

postado em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *