Famosa pelas suas propriedades nutricionais, em especial, os altos índices de ferro, o Espinafre ainda é uma hortaliça muito saborosa.

É consumida cozida ou refogada e como ingrediente em receitas diversas.

Tudo indica que o Espinafre é uma verdura originária da região sudoeste da Ásia, mas hoje é cultiva em praticamente todo o mundo, incluindo o Brasil.

Quais são as propriedades nutricionais do Espinafre?

Como já mencionado anteriormente, essa hortaliça é extremamente nutritiva e a cada 100 g de Espinafre cozido, você encontra, em média:

  • Valor calórico: 23 kcal
  • Ferro: 5 mg
  • Fibras: 2,5 g
  • Proteínas: 3 g
  • Carboidratos: 4 g
  • Carboidratos liquidos: 1,35 g
  • Gorduras: 0,25 mg
  • Sódio: 70 mg

Ainda, encontramos:

  • Vitamina A
  • Vitamina C
  • Cálcio
  • Magnésio
  • Potássio
  • Fósforo
  • Vitaminas do complexo B
  • Vitamina E
  • Vitamina K
  • Antioxidantes
  • Ácido Fólico
  • Zinco; entre outros nutrientes.

Quais os benefícios do consumo do Espinafre para a saúde?

  • Fortalece a imunidade, dá energia e evita a anemia: não é só devido ao ferro, mas, graças a todos os nutrientes e compostos encontrados nessa hortaliça, o seu consumo deixa a imunidade lá em cima, fornece energia e nos dá disposição – além de evitar a anemia e carências nutricionais.
  • Tem baixo valor calórico: o Espinafre oferece a vantagem de nos nutrir e fortificar sem que precisemos recorrer a altas quantidades de calorias – o que é ótimo para manter o peso corporal, emagrecer e para a saúde em geral.
  • Evita a prisão de ventre: contém fibras e isso ajuda a formar o bolo fecal, estimula os movimentos do intestino e evita a desconfortável prisão de ventre.
  • Faz bem para as futuras mamães: contém ácido fólico, portanto, ajuda na boa formação e no bom desenvolvimento do feto.
  • Faz bem para a visão e a saúde dos olhos: devido a Vitamina A, protege a visão dos raios solares nocivos e ainda ajuda na prevenção do glaucoma, da catarata e da degeneração macular,
  • Contém alto teor de antioxidantes: com isso, traz benefícios extras diversos, como retardar o envelhecimento celular; fortalece a pele, as unhas e os cabelos; previne o câncer, etc.
  • Faz bem para o cérebro: o Espinafre contém carotenoides, que contribuem com o bom funcionamento e a proteção das funções cerebrais.

Espinafre pode fazer mal?

Os eventuais maléficos do Espinafre estão no consumo exagerado ou inadequado.

Como  todo alimento rico em fibra, caso essa hortaliça seja ingerida exageradamente, o efeito do bom funcionamento intestinal pode sofrer reversão, causando prisão de ventre e gases.

Ainda, é preciso higienizar muito bem o Espinafre, devido a agrotóxicos – mesmo que ele seja cozido e fervido.

Uma dica é deixar a verdura de molho antes do cozimento ou do refogado em água com vinagre ou com bicarbonato de sódio por 30 minutos e depois enxaguar em água corrente.

Além disso, a registros de intoxicação devido ao acido oxalato presente no Espinafre.

Assim, recomenda-se o consumo máximo de 200 g de Espinafre ao dia e ao sinal de qualquer problema, suspender o consumo da hortaliça e procurar um profissional da saúde – o quadro pode ser causado ou não pela verdura.

Fontes:

https://www.healthline.com/nutrition/foods/spinach

Mais textos relacionados
Agrião

Com um sabor bem peculiar apimentado, o Agrião é uma hortaliça bastante consumida no Brasil, sobretudo em saladas. Ainda, pode Read more

Couve

A Couve é uma hortaliça bastante popular no Brasil e no mundo, É consumida em natura, refogada ou como acompanhamento Read more

Couve-flor

A Couve-flor se trata de uma hortaliça inflorescência, ou seja, como o seu próprio nome popular sugere: que possui flores. Read more

Alface

A Alface é uma das hortaliças mais consumidas no Brasil, in natura – geralmente na forma de salada e eventualmente Read more