2 de dezembro de 2020

Grão-de-bico

O Grão-de-bico é um grão leguminoso muito apreciado pelo seu sabor suave e que vai bem com diferentes tipos de temperos e condimentos.

Tem outros nomes populares, como: ervanço, grão de pato, ervilha de galinha, gravanço, entre outros.

É um alimento originário da região do mediterrâneo e da Índia.

O Grão-de-bico, em geral, é consumido cozido em pratos quentes ou frios.

Destaque para a famosa e tradicional receita “humus” – uma pasta árabe à base de Grão-de-bico conhecida em todo o mundo, praticamente (receita no final).

Quais os benefícios de consumir o Grão-de-bico?

Além de muito saboroso, o Grão-de-bico é um alimento nutritivo e, com isso, traz benéficos importante para a nossa saúde, como por exemplo:

1 – Previne anemia: o ferro e todos os nutrientes presentes nesse alimento, nutrem o organismo e previne a anemia.

2 – Fortalece o sistema imunológico: tem propriedades nutricionais relevantes, que ajudam a manter a imunidade alta, nos prevenindo de doenças diversas.

3 – Fortalece os músculos: o Grão-de-bico é rico em proteínas, o que é essencial para o fortalecimento da musculatura.

4– Ajuda na redução do colesterol ruim: é rico em fibras e saponinas – o que reduz a produção do colesterol ruim e ainda diminui a absorção de gorduras pelo intestino.

5 – Faz bem para a saúde mental/emocional: contém triptofano, um composto que participa da produção de neurotransmissores que estimulam a sensação de bem-estar.

6 – Ajuda no transito intestinal: por ser rico em fibras, o Grão-de-bico ajuda a formar o bolo fecal, estimula o funcionamento do intestino e evita a prisão de ventre.

Ouvi dizer que o Grão-de-bico pode fazer mal: é verdade?

O Grão-de-bico, embora seja saboroso e nutritivo, deve ser consumido com alguns cuidados para não ocasionar desconfortos ou mesmo fazer mal.

Primeiramente, esse alimento é rico em oligossacarídeos – um composto que é de digestão difícil para o organismo humano.

Assim, algumas pessoas podem apresentar gases ou desconfortos gástricos ou consumir o Grão-de-bico.

Mas, isso não chega a ser uma contraindicação, pois se o alimento for bem cozido e deixado de molho durante um dia todo, esses efeitos costumam não acontecerem.

Por outro lado, o alimento deve ser consumido com cautela e orientação médica por pessoas com problemas graves nos rins – devido ao potássio, que pode dificultar a filtragem de toxinas.

Além disso, exagero sempre traz riscos para problemas, em especial, constipação e formação de gases.

O ideal é não consumir mais do que 200 g de Grão-de-bico ao dia.

Receita de Homus

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá de Grão-de-bico cozido;
  • Suco de 1 limão;
  • ½ xícara de pasta de sésamo;
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva;
  • 2 dentes de alho descascados e amassados;
  • Salsinha picada;
  • 2 pitadas de sal.

Modo de preparo:

  1. Amasse bem o Grão-de-bico cozido até virar uma pasta.
  2. Adicione os demais ingredientes, com exceção do azeite de oliva e da salsinha.
  3. Bater a mistura no liquidificador ou com um mixer até formar uma pasta homogênea (caso fique muito endurecida, coloque um pouco de água).
  4. Passe o conteúdo para um recipiente e regue com o azeite de oliva e decore com a salsinha picada.
  5. Sirva com pão sírio.

Propriedades nutricionais do Grão-debico

Cerca de 100 g de grão-de-bico cozido contém:

  • Ferro: 2 mg
  • Fibra: 5 g
  • Carboidrato: 17 g
  • Proteína: 8,4 g
  • Gordura: 2 g  
  • Magnésio: 39 mg
  • Potássio: 270 mg
  • Zinco: 1,2 mg
  • Energia: 540 kcal
Mais textos relacionados
Milho
milho

Um alimento saboroso e versátil, o Milho é consumido, praticamente, no mundo todo. Destaca-se pelo seu sabor característico e, também, Read more

Berinjela
suco de berinjela

A Berinjela é um legume originário da Índia – mas que se adaptou muito bem em solo brasileiro. É muito Read more

Ervilha
ervilha

A Ervilha é um grão leguminoso que se desenvolve dentro da vagem. É um alimento bastante apreciado, devido ao seu Read more