Hibisco

O chá de hibisco é feito de uma plantinha nativa da África e da América e faz muito sucesso por todo o mundo devido à quantidade de benefícios que ela traz.

A parte com a qual se faz a infusão é a própria flor que pode inclusive ser mascada, caso a pessoa não se interesse pelo chá.

O hibisco é uma flor muito poderosa por conta dos benefícios que serão ditos adiante e que deve ser mais valorizada e difundida.

O chá de hibisco é um dos chás mais conhecidos atualmente e provavelmente um dos mais pesquisados na internet isso por que ele pode ajudar no emagrecimento e também em diversas outras questões de saúde

É verdade sim que ele pode auxiliar na perda de peso, mas ele também tem outros benefícios para nossa saúde que não são tão comentados por aí.

Se você nunca tomou o chá de hibisco saiba que o sabor dele não é tido como agradável por alguns, mas como o gosto é algo muito subjetivo pode ser que você goste, pelo menos experimente um dia.

O nome científico do hibisco é Hibiscus sabdariffa.

Benefícios do chá de hibisco

Veja abaixo diversos benefícios do hibisco

1) Combate infecções bacterianas

Estudos descobriram que o extrato alcoólico do hibisco é capaz de combater infecções bacterianas.

Esses estudos normalmente se dão em ambientes controlados de laboratórios, mas ficamos na expectativas de eles serem testados em humanos e principalmente com o hibisco.

Esse estudo citado e alguns outros pesquisados não trataram do chá de hibisco, mas sim de extratos da flor de hibisco como em solução alcoólica.

2) Ajuda a combater o câncer

Por ser rico em polifenóis que são compostos que possui substâncias capazes de combater o câncer fizeram testes em laboratório (1) e percebeu que realmente o hibisco pode ser um forte aliado na luta contra o câncer.

3) Perda de peso

Esse é mais conhecido e claro não poderia ficar de fora.

Estudos (2) também sugeriram que o hibisco está associado a uma maior perda de peso.

Há a necessidade de mais estudos, é claro, mas tudo indica que realmente o hibisco é um forte aliado nessa guerra contra o excesso de peso, claro que o chá deve ser aliado a uma dieta saudável e equilibrada.

4) chá de hibisco evita o envelhecimento

O que muita gente sonha é com a fonte da eterna juventude, ainda ela não existe, mas há formas de se retardar mais o envelhecimento e ficar um pouco mais jovem por mais tempo.

Um dos fatores primordiais para retardar o envelhecimento está nas coisas que escolhemos ingerir desde muito cedo e uma boa escolha indica os estudos é fazer uso do chá de hibisco.

O chá de hibisco realmente retarda o envelhecimento, pois ele é um forte antioxidante.

Mas o que significa ser um “antioxidante”?

Em vários textos deste site você encontrará alguma referência a chás que são antioxidantes, isso significa que eles tem a capacidade de evitar a formação dos radicais livres em nossas células.

E o que são radicais livres?

São moléculas que surgem como resultado de reações químicas em nosso organismo, isso é normal de acontecer.

Podemos chamar os radicais livres como “lixos” ou restos em nosso corpo.

Eles são responsáveis pelo envelhecimento e os antioxidantes são os responsáveis por fazer essa limpeza.

O chá de hibisco é um poderoso antioxidante que você pode ingerir e que vai lhe ajudar a retardar o envelhecimento.

Em estudos com animais eles viram que o hibisco eliminou até 92% do radicais livres [ 2 ].

Vale ressaltar que esses estudos foram feito com animais e usaram o hibisco concentrado e aqui estamos tratando apenas do chá de hibisco, realmente mais estudos estão sendo feitos.

Esse poder antioxidantes existente no chá de hibisco não ajuda apenas no envelhecimento, ele também ajuda a prevenir outros problemas como câncer, doenças do coração, aterosclerose, doenças pulmonares e doença de Alzheimer.

5) Pressão alta (hipertensão) pode ser tratada com hibisco

Em estudos com o extrato das flores do hibisco descobriram que ele foi capaz de auxiliar no controle da pressão arterial causando relaxamento da musculatura lisa que fica em volta das veias e artérias.

Com o relaxamento dessa musculatura as veias e artérias ficam mais calibrosas facilitando assim maior fluxo sanguíneo, pois o sangue precisará de menos pressão para passar pela veias e artérias.

O hibisco também é um protetor do coração por causa das antocianinas que são as substâncias que dão a coloração à flor.

Essa substância é responsável por vários dos benefícios do hibisco, outras plantas e frutas possuem essa substância como o vinho, que também ajuda na saúde do coração.

Por essas e outras podemos concluir que o consumo do chá de hibisco em pessoas que sofrem com a pressão alta é altamente recomendável.

Claro que o remédio prescrito pelo médico não deve ser abandonado.

Outra coisa interessante para pessoas que têm pressão alta é que algumas delas adquiriu por causa do excesso de peso e muitas pessoas quando perdem peso conseguem regular a pressão arterial.

Então o hibisco será bom também, pois além de ajudar a regular a pressão e proteger o coração ele irá a ajudar na perda de peso e assim aquelas pessoas que adquiriram a hipertensão por causa do peso serão beneficiadas.

Esses estudos ainda não são conclusivos, mas observaram a ação do hibisco principalmente em pessoas que estão no início da hipertensão ou que tenha hipertensão leve.

Houve um estudo na Nigéria em que chegaram a conclusão que o chá de hibisco é mais eficaz que a hidroclorotiazida, que é uma medicação, para o tratamento da hipertensão arterial.

Apesar de haver vários indícios que dos benefícios do chá de hibisco para o tratamento da hipertensão é aconselhável sempre seguir as recomendações médicas e avisá-lo caso resolva experimentar o tratamento com o uso do chá de hibisco.

Nunca suspenda tratamento sem a permissão médica.

Outros benefícios

  1. Ajuda a pessoa a ter uma digestão mais correta, regulando o trânsito intestinal;
  2. Serve de laxante;
  3. É muito eficaz contra cãibras;
  4. É eficaz no tratamento de gripes e resfriados, já que possui muita vitamina C;
  5. Trata-se de um potente hidratante para a pele;
  6. Fortalece as raízes dos cabelos e diminui sua queda;
  7. Lida bem com problemas menstruais, uma vez que relaxa a musculatura uterina;
  8. Ajuda a melhorar a tosse e a dor de garganta, se tomado como chá;
  9. Cura a pele se for aplicada a flor em abscessos ou picadas de inseto;
  10. Tem efeitos anti-inflamatórios e antiespasmódicos;
  11. Aumenta o apetite e melhora os estados de fraqueza e anemias passageiras. Para tratar esses problemas, pode não ser o mais adequado usar o hibisco sozinho. Mas as pessoas devem ter em mente que a flor de Jamaica pode servir de complemento de outras plantas;
  12. Alivia o desconforto da dispepsia, que é aquela sensação incômoda de que a pessoa comeu mais do que deveria que acontece após as refeições;
  13. É um ótimo combatente da azia, além de possuir propriedades que aliviam os espasmos gastrointestinais e a gastroenterite;
  14. Controla os níveis dos triglicerídeos e do colesterol, principalmente o “ruim”;
  15. Ajuda a melhorar e estimular as funções hepáticas, gerando descongestionamento. É por isso que é muito eficaz para pessoas que estão tendo uma má digestão, alergia alimentar ou até depois de um parto;
  16. Como é um excelente diurético, ainda atua dando uma grande ajuda no suporte contra infecções do trato urinário, que acometem muitas pessoas todos os dias;
  17. Elimina as toxinas e o excesso de gordura por meio da urina. Diferentemente de outros chás, o hibisco dificulta a retenção de líquidos, então a pessoa não recupera seu peso novamente por ter perdido apenas água;
  18. O hibisco é um excelente reparador das mucosas irritadas, combatendo algumas doenças já citadas, além da faringite, devido a suas poderosas propriedades balsâmicas e demulcentes;
  19. Ajuda a fortalecer bastante o sistema imunológico, renovando as defesas da pessoa e fazendo com que ela tenha mais dificuldade para ficar doente. É um ótimo antisséptico e antimicrobiano;
  20. Além de melhorar a circulação, impede que as veias se estagnem. Se a pessoa quer ficar longe das varizes, da flebite e das hemorroidas, tomar chá ou infusão de hibisco pode ser uma boa alternativa, já que se trata de um excelente tônico para as veias

Implementando o chá de hibisco na dieta

Muitas pessoas têm dificuldade diante de como proceder com a dieta envolvendo chás, e, neste caso, o chá de hibisco.

Mas não é apenas o chá de deve ser implementado, não é apenas a inserção do chá que deve ser diferente da rotina anterior da pessoa.

Ela precisa mudar os hábitos e a forma como enxerga a si mesma, uma vez que o modo como ela se vê pode ser um fator forte em sua dificuldade de emagrecimento.

Abaixo, é possível ver uma lista de informações do que pode ser consumido de acordo com as refeições.

Assim que acordar: o ideal é que a pessoa que quer emagrecer prepare um chá de hibisco, adicionando o suco de meio limão quando estiver pronto.

É importante que o estômago da pessoa esteja vazio, porque é como se o chá estivesse preparando o terreno para a primeira refeição.

No chá, não deve ser adicionado açúcar nem adoçante, pois isso faz com que a pessoa não emagreça tão rápido.

Depois de tomar o chá de hibisco com o limão, basta tomar duas colheres de sopa de azeite extra virgem.

O preparo para o almoço: a pessoa pode comer um prato de abacaxi ou mamão, nunca os dois juntos, adicionando um pouco de aveia crua.

Metade da manhã: é o momento de beber outro copo de chá de flor de Jamaica, dessa vez sem limão.

Para não ficar com muita fome e descontar tudo no almoço, é recomendado que a pessoa faça um lanche leve, como um sanduíche vegetariano.

Almoço: o mais importante nesse horário é comer uma salada fresca com um prato cozido, como peixe.

Metade da tarde: esse é o horário para beber outro copo de chá de hibisco sem adoçar. É recomendado que a pessoa sob essa dieta não coma nesse horário, mas, se estiver com fome, pode comer amêndoas ou nozes sem exagero.

Jantar: o jantar é o momento em que a pessoa pode comer da forma que quiser, mas tem de ser feito uma hora antes de ir se deitar para dormir.

E, antes de dormir, para seguir o cronograma correto, deve beber mais um copo de chá de hibisco sem adoçar.

Chá de hibisco corta o efeito do anticoncepcional?

O que é um anticoncepcional

O anticoncepcional é o método usado para prevenir uma gravidez, nesse caso, o anticoncepcional falado é o de comprimido tomado via oral que as mulheres costumam usar quando não querem ter filhos naquele momento.

Há pouquíssimo tempo, testes foram realizados com anticoncepcionais masculinos, que anulam a produção de espermatozoides.

Até agora, os resultados têm sido satisfatórios, mas algumas outras questões devem ser investigadas antes da comercialização.

Portanto, por enquanto o meio é de focar nos anticoncepcionais femininos, e, no caso deste artigo, na pílula anticoncepcional, que, se usada de forma correta, tem uma eficiência maior a 99%.

Entretanto, a possibilidade de a mulher engravidar fica maior se ela não tomar cuidado com algumas questões, como o consumo de chás.

O chá de hibisco corta o efeito do anticoncepcional?

Dos sites pesquisados, foram constatadas respostas controversas em relação ao efeito do hibisco sobre os anticoncepcionais.

Apesar de alguns sites falarem que o chá de hibisco anula ou diminui o efeito do anticoncepcional, isso não é totalmente verdade.

O hibisco é um produto natural que, em sua composição, não há nada que anula o efeito desse tipo de medicamento.

Entretanto, ele pode diminuir a eficácia do anticoncepcional por causa de seu efeito diurético.

O chá de hibisco é uma bebida diurética, o que normalmente é uma coisa boa, afinal, ajuda a eliminar o excesso de líquidos do corpo pela urina e, em última instância, na perda de peso.

Entretanto, em grandes quantidades pode fazer com que a pessoa perca vitaminas e minerais essenciais para o corpo.

Você deve estar se perguntando o que essa perda de nutrientes tem a ver com a redução do efeito dos anticoncepcionais, mas isso já vai ser explicado.

Tomar o chá de hibisco não é um problema se você o faz poucas vezes por dia e em horários distantes do qual você usa para tomar o anticoncepcional.

Quando você toma uma grande dose de um chá diurético, como o chá de hibisco e o chá de cavalinha, perto de tomar o anticoncepcional, o chá aumenta o seu fluxo urinário, ou seja, faz com que você vá ao banheiro mais rápido, o que muitas vezes faz com que não dê tempo para que o corpo absorva a medicação.

Dessa forma, grande parte da do anticoncepcional pode ser perdida, e você já não está mais tão protegida contra a chance de engravidar.

Não é recomendado tomar mais de 5 xícaras de chá momentos antes ou depois de tomar o anticoncepcional.

O que corta o efeito do anticoncepcional?

Se é parcialmente verdade que o chá de hibisco diminui ou até corta o efeito do anticoncepcional, é importante saber o que são essas outras coisas que fazem com que a perda da medicação para não engravidar possa tirar a eficácia dela.

Ter vômito ou diarreia até uma hora depois de ter tomado do remédio pode fazer com que o efeito anticoncepcional seja diminuído ou até mesmo anulado, já que não vai ter havido tempo suficiente para a absorção completa da substância pelo organismo.

Outra coisa que prejudica a absorção é usar alguns tipos de antibióticos ou remédios que controlam as convulsões, pois eles também interferem nisso.

Quando for tomar algum desses medicamentos, é necessário usar a camisinha até sete dias depois da última vez em que você o tomou.

Quem sofre de doenças intestinais, como a doença de Crohn, deve ficar atento, pois o intestino delgado pode ser impedido de absorver corretamente os hormônios da pílula.

Se você se esquecer de tomar a pílula por um dia pelo menos, saiba que é possível que a eficácia da mesma seja alterada, então, se você faz uso de um anticoncepcional de uso contínuo, é bom não se esquecer de tomar, e, além disso, deve tomar sempre no mesmo horário, pois ingerir atrasado ou adiantado também pode implicar na diminuição da eficácia da pílula.

Consumir drogas não afeta diretamente a eficácia da pílula.

Na verdade, o que elas podem fazer é com que a mulher se esqueça de tomar o anticoncepcional no horário correto, o que afeta, por sua vez, na eficácia do medicamento.

A mesma coisa acontece com as mulheres que bebem bebidas alcoólicas excessivamente, já que elas têm maiores chances de se esquecerem de tomar.

Chá de hibisco faz mal?

Quando se ouve falar que algum produto natural faz mal muita gente contorce o rosto e não acredita.

Afinal, tem-se a falsa crença de que os produtos naturais, como por exemplo os chás, apenas trazem benefícios, mas nunca malefícios.

Mas até mesmo os produtos da natureza podem fazer mal, e nesses produtos estão inclusos as infusões e os chás, como o chá de hibisco.

Contraindicações do chá de hibisco

Pode-se dizer que o chá de hibisco pode fazer mal para determinadas pessoas.

A seguir, você encontra as contraindicações desse chá, ou seja, você fica sabendo dos tipos de pessoas que devem limitar o consumo ou mesmo deixar de consumir totalmente esse chá.

Mulheres grávidas

O chá de hibisco é contraindicado para mulheres grávidas e para mulheres que planejam engravidar logo, já que diminui as taxas de estrogênio que prejudicam o efeito das terapias de reposição hormonal e tratamentos de fertilização.

O consumo de hibisco antes da gravidez pode prejudicar o processo de reprodução, e, uma vez que você está grávida, não deve de forma alguma tomar o chá de hibisco, pois ele pode trazer problemas para o feto.

Em último caso, as consequências de uma grávida tomar chá de hibisco é o aborto espontâneo, porque o chá aumenta o fluxo da menstruação.

Esse chá é muito conhecido por reduzir a hipertensão arterial, reduzir a pressão sanguínea e por suas propriedades diuréticas.

Tudo isso junto contribui para que os vasos sanguíneos sejam expandidos, o que não é nada bom para quem tem pressão arterial baixa.

Se você sofre disso e toma chá de hibisco, sua pressão arterial vai cair, o que pode ser realmente muito danoso.

Outras pessoas que não podem tomar o chá de hibisco são aquelas que têm hipertensão e tomam medicamentos para reduzir, pois, se esses medicamentos forem usados junto com o hibisco, a pressão pode cair muito e causar os problemas típicos da pressão baixa.

O chá de hibisco também não pode ser administrado para pessoas que usam medicamentos ou fazem tratamentos para o câncer, como a quimioterapia, pois ele interfere nesses tratamentos e pode diminuir as chances de cura de quem o consome.

É verdade que o chá de hibisco é conhecido por ter uma grande taxa de antioxidantes, os quais, dentre outras coisas, são eficazes para a prevenção do câncer.

Mas com um câncer já estabelecido na pessoa, o chá de hibisco pode interferir com o tratamento e provocar problemas para quem o consome.

Se tem uma coisa que assusta no consumo de chá de hibisco é o fato de ele poder causar efeitos alucinógenos.

Essas alucinações são acompanhadas de tontura e de intoxicação, muitas vezes, e é necessário ter um cuidado especial para você que precisa dirigir ou usar máquinas, pois o chá de hibisco pode causar efeitos que potencializam as chances de acidentes e de descuidos.

Além dos efeitos alucinógenos do chá de hibisco, muitas pessoas que o consumiram afirmam ter ficado sonolentas, o que não parece ser uma contraindicação, mas, como dito acima, pode interferir quando você planeja dirigir ou usar alguma máquina.

Se você não estiver inserido nas categorias acima, pode consumir o chá de hibisco.

Entretanto, deve ficar atento para caso perceber alguma mudança no corpo que possa ser derivada de alergia.

Mas não adianta muito falar das contraindicações se não for falado, pelo menos brevemente, dos benefícios dos chá de hibisco.

Abaixo, você encontra uma lista que os contém, para que saiba das indicações desse chá.

Diversas maneiras de fazer o chá de hibisco

A primeira forma de fazer o chá de hibisco é da maneira tradicional, ou seja, em infusão e apenas utilizando suas flores e água.

Para manter suas propriedades você deve levar a água ao fogo e quando iniciar  fervura desligá-lo.

Você pode usar como base de medida uma xícara de água, caso queira mais basta fazer a soma de quanto ficaria a medida de hibisco com a quantidade de água que escolher.

Depois que desligar o fogo acrescente:

  • 2 colheres de sopa de hibisco seco à água.
  • Tampe e deixe esfriar por 10 minutos, pois nesse tempo o hibisco soltará na água as suas propriedades.

Você pode tomá-lo até 4 vezes ao dia se possível 30 minutos antes das refeições.

É bom consumir esse chá sem usar o açúcar, afinal a maioria das pessoas tomam hibisco para emagrecer e o acréscimo de açúcar terá o efeito contrário.

Essa foi a primeira possibilidade de fazer o chá de hibisco, mas há outras para que o sabor fique melhor.

Vejamos

Outras receitas com chá de hibisco

1) Hibisco com hortelã e morango

Receita

  • 250 ml de água
  • 1 colher de sopa de hibisco
  • 4 morangos
  • 2 folhas de hortelã

Modo de preparo

  1. Faça o chá de hibisco em infusão, ou seja, coloque a água para levantar fervura, desligue o fogo e acrescente o hibisco
  2. Depois que o chá de hibisco esfriar, coe.
  3. Em um liquidificador bata o chá de hibisco, os morangos e a hortelã.
  4. Caso queira pode adicionar gelo

2) Hibisco com canela

Ingredientes

  • 250 ml de água
  • 1 colher de sopa de hibisco seco
  • canela em pau a gosto

Modo de preparo

  1. Coloque a água no fogo e quando levantar fervura, desligue.
  2. Acrescente o hibisco e a canela
  3. Deixe esfriar por 10 minutos e já estará pronto

3) hibisco com limão siciliano e gengibre

Ingredientes

  • 250 ml de água
  • 1 colher de sopa de hibisco seco
  • 1 colher de sopa de chá mate
  • 1/2 limão siciliano
  • 1 pedaço de gengibre

Modo de preparo

  1. Coloque a água no fogo juntamente com o gengibre e depois que levantar fervura deixe por mais 5 minutos
  2. Depois desligue o fogo e acrescente o hibisco e o chá mate
  3. Deixe esfriar por 10 minutos e tampado
  4. Quando for tomar acrescente o suco do limão siciliano espremendo-o
  5. Caso ache necessário pode adoçar com um pouco de mel

Qual a quantidade de hibisco deve ser tomada por dia?

Muita polêmica se cria em torno do hibisco, se ele faz mal ou não e a resposta é que ele tomado em doses normais não faz mal.

Se a pessoa toma até 3 xícaras por dia dificilmente terá problemas por causa do chá de hibisco.

Infelizmente algumas pessoas fazem o consumo exagerado desse chá, afinal ele ajuda a emagrecer e algumas pessoas acabam utilizando ele no lugar de água.

—————————————————-

BIBLIOGRAFIA

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378874198001573

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0963996901001296

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691597854683

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378874105005106

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0271531707000280

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378874107003637

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378874103002769

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/%28SICI%291099-0844%28199909%2917%3A3%3C199%3A%3AAID-CBF829%3E3.0.CO%3B2-2

https://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf030065w

Comentários Desativados