2 de julho de 2022

Mastruz e seus benefícios

Você já ouviu falar no mastruz e nos seus benefícios?

Se você não sabe o que é o mastruz, vai gostar de conhecê-lo, pois é uma erva medicinal que nos ajuda a tratar de várias doenças e problemas de saúde.

O seu nome científico é Dysphania ambrosioides

Como é o mastruz?

O mastruz pode ser encontrado em grande quantidade na América Central e América do Sul, o que significa que você não terá dificuldades para encontrar essa planta aqui no Brasil, independentemente da região onde você mora.

O cheiro do mastruz é muito forte e a planta cresce até 70 cm de altura.

Essa erva também pode ser conhecida por outros nomes, como Santa Maria, quenopódio e lombrigueira. Você já ouviu falar nesses nomes?

Onde é possível encontrar essa erva?

Como já falamos mais acima, não é difícil encontrar o mastruz no Brasil. Você pode procurar essa erva em lojas naturais ou em farmácias de manipulação.

É uma planta que também nasce com muita facilidade em quintais, jardins e hortas.

Dessa forma, você pode aproveitar os benefícios dessa maravilhosa planta, a qual pode melhorar a nossa vida muitas vezes.

Propriedades da mastruz

A mastruz é uma planta que contém grandes propriedades para o nosso corpo.

Temos como exemplo as propriedades:

Benefícios do mastruz

O mastruz é uma planta que pode ser usada para tratar:

  • a constipação intestinas;
  • hemorroidas;
  • gripe;
  • veias varicosas;
  • pé de atleta;
  • má circulação;
  • rouquidão;
  • angina no peito;
  • asma, tuberculose;
  • parasitas intestinais;
  • bronquites;
  • dores;
  • arrepios e
  • hematomas.

Externamente o mastruz pode ser usada como um repelente para os insetos, para tratar a coceira e recuperar a pela ferida.

Nutrientes e substâncias presentes

O mastruz tem uma série de nutrientes e substâncias presentes em sua composição, como os polifenóis, flavonoides, alcaloides, , ferro, vitamina C e arsênico — que pode ser um veneno, sim, mas que também pode ser um remédio para infecções e doenças.

A vitamina C presente em grande quantidade na mastruz é importante para tratar doenças como o escorbuto, que atinge as gengivas, e a gripe.

A vitamina C ainda é eficiente para tratar da remoção dos vermes e parasitas do nosso corpo.

Benefícios respiratórios

Esses benefícios são tão interessantes que merecem um cantinho só para eles neste texto.

O mastruz é uma planta que pode tratar problemas como o muco e o fleuma, que é o muco produzido pelo sistema respiratório.

Trata também de problemas pulmonares. Por todos esses motivos, é indicada para pessoas que sofrem de tabagismo.

Além disso, a vitamina C presente nessa planta é eficaz para tratar os radicais livres presentes com o fumo.

Como usar o mastruz

Com todos esses benefícios, fica impossível de resistir a essa planta, não é?

Para se beneficiar com ela você pode fazer a ingestão e a aplicação externa, dependendo de que benefícios quer aproveitar.

A aplicação pode ser feita com o óleo da mastruz já preparado.

Mas, se você não conseguir encontrá-lo, pode fazer um preparo caseiro com a mastruz, o qual contém os mesmos benefícios que muita gente precisa para aliviar problemas de saúde.

Essa aplicação vai consistir em macerar os ramos para então aplicar o resultado com o cataplasma.

Então, o próximo passo é aplicar esse cataplasma no local que você precisa de benefícios, podendo ser em uma ferida ou nas picadas de inseto, para se beneficiar com a mastruz.

Você também pode realizar o chá de mastruz que é muito benéfico e que está cheio das propriedades que já mencionamos.

Você pode fazer o chá usando as folhas, as flores e as sementes, e pode misturar com leite — formando o conhecido “mastruz com leite”, xarope, tintura, extrato ou essência.

Esse chá pode ser ingerido ou pode ser usado para aplicar compressas na pele.

Para fazer o chá você precisa

  1. colocar uma xícara de café cheia da planta fresca com sementes em meio litro de água fervente.
  2. Depois de despejar a mastruz na água, você deve deixar a mistura descansar por 10 minutos.
  3. O próximo passo, depois que esse tempo passar, é coar e beber.
  4. Você deve tomar uma xícara desse chá a cada seis horas, e o uso mais indicado dessa planta é para tratar os problemas no nosso estômago.

Há contraindicações para a mastruz?

As contraindicações existem e devem ser levadas em conta.

Há também os efeitos colaterais, dos quais falaremos primeiro.

O risco de você fazer a aplicação de mastruz na pele é que você pode sentir irritação.

O consumo de chá de mastruz pode trazer problemas para membranas mucosas, vômito, dores de cabeça, danos no fígado, náusea e distúrbios visuais.

Esses efeitos podem ser sentidos se você consumir o mastruz em altas doses.

Atenção: o mastruz também pode causar abortos espontâneos, então não é bom consumir essa erva se você está grávida, pois pode causar problemas sérios ao feto e pode até mesmo causar o aborto dele.

Também não é uma planta indicada para o consumo de pessoas menores de 2 anos de idade.

Além disso, se você pretende consumi-la deve antes falar com o seu médico, pois a planta pode ser tóxica e será necessário ter a supervisão de um especialista.

Lembre-se que é muito importante seguir essas recomendações, pois só dessa forma é que você está mais protegido dos efeitos colaterais da planta e pode receber apenas os benefícios.

Mais textos relacionados
Conhece o Pariri? Saiba quais sãos os benefícios dessa planta
planta pariri

Pariri ou também chamada por alguns de crajiru (nomes científicos arrabidaea chica ou fridericia chica) é uma excelente planta para Read more

Colônia
planta colonia

A colônia é uma planta relativamente conhecida por nós, geralmente encontramos em locais em que não foram plantadas e que Read more

Como cultivar a planta Colônia

Aqui em nosso site você já viu outros textos falando sobre essa plantinha chamada colônia Neste texto iremos mostrar como Read more

Como plantar alho
alho plantado

Por incrível que pareça o número de pessoas querendo plantar em sua própria casa algumas plantas como o alho tem Read more

1 thought on “Mastruz e seus benefícios

  1. Muito bom gostei é que depois de 30anos estou tendo um contato direto com essa planta. Na minha infância minha mãe nos dava a cada 6 meses a folha batida com leite (agente cagava as vermes vivas era um nojo lembro ainda que tinha até que puchar as que não queria sair) e lembro ainda das torções que massetava com sal grosso e com pedaço de madeira e panos limpos fazia um espécie de gesso isso funcionava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

chá para infecção urinaria