27 de junho de 2022

Os alimentos que mais contêm agrotóxicos

Ainda que muita gente saiba que os alimentos que consumimos são quase todos produzidos com a ajuda de agrotóxicos e ainda que muita gente saiba que essas pesticidas fazem mal a nossa saúde, ainda tem grupos de pessoas que não sabem o quão maléfico esses agrotóxicos são.

Neste texto você vai conhecer os alimentos que mais contêm agrotóxicos e vai saber de outras coisas importantes também.

O que são os agrotóxicos?

Os agrotóxicos, também chamados de pesticidas e de outros nomes são produtos químicos ou biológicos usados para o extermínio ou a prevenção de pragas e outros agentes que podem causar problemas nas culturas agrícolas.

Eles protegem os produtos agrícolas de pragas, mas em compensação se fixam nesses produtos e, quando os ingerimos, ingerimos também os agrotóxicos.

Quais são os alimentos que mais contêm agrotóxicos?

Por serem alimentos diferentes, alguns deles contêm mais agrotóxicos do que outros, pois os absorvem em maiores quantidades. Abaixo, segue uma lista com os 11 alimentos que mais contêm essas substâncias:

  • Morango
  • Pepino
  • Alface
  • Cenoura
  • Abacaxi
  • Beterraba
  • Couve
  • Mamão
  • Tomate
  • Pimentão

Informações importantes sobre os agrotóxicos

Que os agrotóxicos são prejudiciais à nossa saúde você já sabe. Que tal agora ficar por dentro de mais informações sobre esses vilões do nosso organismo?

Abaixo, você encontra algumas informações super valiosas sobre os pesticidas, coisa que a gente tem que saber mesmo.

Os pesticidas saem após lavarmos o alimento?

Muita gente, na esperança de minimizar os riscos causados pelos pesticidas, lavam o alimento de forma frenética para que ele não faça tanto mal.

Mas não importa o quanto você lave, os agrotóxicos não podem ser eliminados.

Essa pesquisa foi criada nos Estados Unidos tendo como base os alimentos lavados. E, lavando demais os alimentos, corre o risco de eles perderam seus nutrientes.

Por isso, o melhor é dar uma breve lavada apenas para limpar.

Quando você lava ou descasca um alimento, no caso das frutas, é possível que uma parte dos agrotóxicos seja removida, mas você não vai conseguir remover tudo.

O ideal é comprar produtos orgânicos ou que absorvem menos pesticidas, e, portanto, fazem menos mal à nossa saúde.

Vale a pena comprar os alimentos orgânicos?

Vale a pena, caso você tenha dinheiro e disposição para encontrar esses alimentos.

Eles não são vendidos em todos os lugares e têm um preço muito salgado, pois a produção é pequena.

É calculado que você pode reduzir em até 80% a ingestão de agrotóxicos ao trocar alguns dos alimentos inorgânicos por orgânicos.

Quais são os riscos dos agrotóxicos?

Os agrotóxicos usados em pragas podem ter efeitos semelhantes em humanos.

Isso significa que eles podem causar problemas no sistema nervoso, aumentar o risco de diversos tipos de câncer, prejudicar a saúde hormonal e ainda causar irritação na pele, olhos e pulmões.

As pessoas podem chegar a ser envenenadas pelos agrotóxicos, de acordo com a ONU, e uma parte desses envenenamentos são fatais e a maior parte ocorre em crianças.

Qual é a relação dos agrotóxicos com a gravidez?

A gravidez é um período bastante delicado, tendo em vista que a mulher tem que cuidar do próprio corpo e cuidar do corpo de um ser em formação, que é muito mais frágil.

Se a mãe ingere uma grande quantidade de pesticidas durante a gravidez, essas substâncias podem afetar a inteligência das crianças.

Foram feitos testes com mulheres grávidas e suas crianças, e foi descoberto que os pesticidas, quando agiram na gravidez, afetaram a inteligência dos bebês, que tiveram um menor QI.

Segundo os estudos, a diferença entre o cérebro dessas crianças e outras é de seis meses.

Mas não é apenas isso.

A ingestão de agrotóxicos na infância pode prejudicar a atenção das crianças, fazendo com que haja a possibilidade de sofrerem com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Estudos mostraram ser possível afetar o crescimento e o desempenho dos neurônios, além de causar o mal de Parkinson.

Já se perguntou de onde vêm esses alimentos?

Saber de onde vêm esses alimentos que você consome pode ser mais importante do que você supõe.

Dependendo do país de origem, o alimento poderá vir com mais ou menos pesticidas, então às vezes vale a pena comprar um alimento originado em um país que usa pouco ou nenhum agrotóxico.

Existem leis que os governos fazem sobre o uso de agrotóxicos, e essas leis variam de lugar para lugar.

Há uma nova proposta que quer mudar a legislação dos agrotóxicos no Brasil, que quer mudar o nome dos agrotóxicos para “defensivos agrícolas” e “produtos fitossanitários”, além de várias outras coisas.

Os opositores ao projeto de lei estão chamando esse projeto de “PL do Veneno”, pois consideram que, quando se fala de saúde, não podemos aceitar agrotóxicos que trazem um “risco aceitável”, que é como os favoráveis ao projeto falam dos malefícios à exposição desses agrotóxicos.

Mais textos relacionados
Couve e seus benefícios
pe de couve

A couve é um dos produtos naturais mais conhecidos e apreciados no mundo, principalmente por causa do seu gosto em Read more

Melão e seus benefícios
fruta melão

Quando perguntam às pessoas quais são suas frutas preferidas, é capaz que muitas delas digam que uma das suas frutas Read more

Cacau e seus benefícios
cacau

Nós conhecemos bastante o cacau por causa do chocolate, um alimento que é feito com esse produto natural. É até Read more

Beneficios Spirulina
pó de spirulina

A Spirulina é um item do qual muito se fala no mundo, por conta da enorme quantidades de benefícios que Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

chá para infecção urinaria