26 de novembro de 2020

Receita caseira para má circulação

Uma boa saúde envolve uma série de coisas, mas sem dúvidas uma delas é a de uma boa circulação sanguínea.

É a circulação que propicia o transporte adequado de oxigênio e nutrientes essenciais para as células, órgãos e as demais partes do corpo.

É por isso que, quando surge algum problema de circulação, a pessoa sofre de diversas formas, pois muitas áreas podem ser atingidas.

Neste texto você vai conhecer receitas caseiras para má circulação.

O que prejudica a circulação?

Uma má circulação pode ser derivada do consumo em excesso de alimentos processados, como em fast foods, o excesso de colesterol e os efeitos dos radicais livres, que podem ser neutralizados com o consumo de alguns alimentos e chás.

Esses três causadores de má circulação obstruem e endurecem as paredes arteriais, o que faz com que o sangue não flua de forma correta.

Mais adiante, as pessoas com problemas circulatórios podem sofrer com doenças cardiovasculares, diabetes e problemas hepáticos e renais.

Receita caseira para má circulação

Agora você já deve ter percebido o quão grave é ter uma má circulação.

Mas não se preocupe tanto, pois com o tratamento correto, como por meio das receitas descritas abaixo, junto com a implementação de bons hábitos de vida é possível reverter o quadro e recuperar a qualidade de vida perdida.

1) Chá de gengibre

O gengibre é uma raiz que possui dezenas de benefícios para o corpo.

Entre as duas propriedades, destacam-se as anti-inflamatórias e anticoagulantes, que são muito úteis para quem sofre de uma circulação ruim.

Você pode incluir o gengibre nas receitas do dia a dia, mas a melhor forma de obter benefícios é por meio de uma infusão.

Para isso, você apenas vai precisar de:

  • 1 colher de sopa da raiz de gengibre ralado (10 g);
  • uma xícara de água (250 ml).

Você deve ferver uma xícara de água e adicionar a raiz do gengibre ralado, para então deixar a mistura descansar por 10 minutos, cobrir e depois beber.

O chá deve ser bebido todos os dias, uma vez por dia.

O chá de gengibre é contraindicado para quem toma anticoagulantes, está grávida ou amamentando, para quem faz tratamento para hipertensão ou toma injeções de insulina, está abaixo do peso e tem hemofilia.

Se você tem problemas cardíacos, não pode tomar esse chá por mais de 4 dias seguidos.

2) Chá de cavalinha

Já falamos da cavalinha em outros artigos, mas é uma planta tão boa que vale a pena ser falado de novo.

A cavalinha é uma planta que possui propriedades diuréticas e promove o fluxo sanguíneo, de modo que é eficiente na remoção dos líquidos retidos.

Você vai precisar de:

  • 2 colheres de sopa de cavalinha (20 g);

  • 1 xícara de água (250 ml).

Para o preparo, você precisa primeiro ferver a água, para só então jogar as duas colheres de chá de cavalinha.

Depois de 10 minutos, você já pode coar e beber o chá.

Esse chá pode ser tomado por até duas vezes ao dia, e o tratamento deve ser levado pelo menos a três vezes por semana.

O tratamento com chá de cavalinha não deve ser feito se você sofre de:

  • gastrite;
  • azia ou úlceras gastroduodenais;
  • diabetes do tipo II;
  • edema causado por insuficiência cardíaca ou renal;
  • deficiência de vitamina B1;
  • ser propenso a ter baixa quantidade de potássio;
  • ter ataques cardíacos ou hipotensão;
  • usar adesivos de nicotina ou for sensível a eles;
  • ser alcoólatra;
  • ter ingerido muito álcool recentemente ou consumir alimentos picantes;
  • tomar medicamentos anti-inflamatórios, aspirina, laxantes, diuréticos
  • ou estar grávida ou amamentando.

3) Chá de alecrim

Trata-se de uma planta muito útil no tratamento dos problemas de circulação, pois é eficaz na eliminação das toxinas e na prevenção da formação de trombos no sistema circulatório.

Para fazer o chá, você vai precisar de:

  • 1 colher de sopa de folhas de alecrim (10 g)
  • uma xícara de água (250 ml).

Para fazer esse chá, você vai seguir o mesmo procedimento anterior.

Vai acrescentar as folhas de alecrim na xícara de água fervente.

Depois disso precisa cobrir e deixar o chá repousar de 10 a 15 minutos.

Tome uma vez por dia, todos os dias.

O chá de alecrim é totalmente contraindicado para pessoas que sofrem de prostatite e gastroenterite, insônia, endometriose e constipação.

Se você tem uma dessas coisas, não faça uso desse chá.

4) Suco de laranja com alho

Fugindo um pouco dos chás, temos o suco de laranja com alho, que tem as propriedades que uma pessoa que sofre de má circulação precisa para melhorar desse problema de saúde.

O alho funciona como um protetor da saúde cardiovascular, e além disso é rico em antioxidantes, vitaminas e minerais que fazem uma verdadeira mudança positiva no nosso corpo.

O suco de laranja possui vitamina C e fibras, que fortalecem as artérias e previnem o seu endurecimento — como dito no começo do texto uma das características da má circulação.

Você vai precisar de 2 dentes de alho cru e 5 laranjas.

  1. Primeiramente você deve espremer o suco das laranjas e misturar com dois dentes de alho amassados.
  2. Para misturar bem, você pode liquefazer o alho.
  3. Você deve tomar esse suco com o estômago vazio, por no mínimo duas semanas.
Mais textos relacionados
Colônia e ansiedade
planta colonia

A planta colônia é muito usada para fins medicinais, e muitos desses benefícios usados popularmente já são comprovados por pesquisas Read more

5 benefícios comprovados da cúrcuma

O uso da cúrcuma é algo que tem crescido cada vez mais, um dos fatores se deve ao fato de Read more

Os benefícios e uso do própolis
propolis na agua

O que é própolis? As abelhas não produzem apenas mel, há um outro produto que também utilizamos da abelha com Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *