2 de dezembro de 2020

Alface

A Alface é uma das hortaliças mais consumidas no Brasil, in natura – geralmente na forma de salada e eventualmente em bebidas.

É apreciada devido ao seu sabor bem discreto e baixo valor calórico.

No entanto, a Alface realmente é uma excelente verdura, que apresenta diversos outros benefícios para a saúde.

É a hortaliça de folha mais consumida e comercializada no país.

Só na região Sudeste do país, no ano de 2019, foram produzidas mais de 10 toneladas de Alface com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA).

Tipos de Alface mais consumidos no Brasil

Há mais de 50 tipos diferentes de Alface, sendo cerca de 30 cultivadas no Brasil.

Os tipos mais comuns e consumidos por aqui são:

  • Alface Americana: a mais fácil de ser encontrada, essa hortaliça folhas lisas suculentas e de cor verde-clara, além de uma textura firme.
  • Alface Lisa: é parecida com a americana, mas tem sabor levemente amargo.
  • Alface Crespa: Alface que tem as folhas encrespadas e também é bastante consumida no país.
  • Alface Roxa: como sugere o nome, tem folhas lisas com as extremidades arroxeadas.
  • Alface Romana: tem folhas mais rígidas que as outras hortaliças e se parece com a acelga, apresentando também uma coloração verde bem clara.

Os benefícios da Alface

  • Pode ser consumido por diabéticos: é uma hortaliça sem contraindicações, que praticamente é isenta de teor glicêmico – além de conter fibras que contribuem para a redução da absorção de açúcar pelo organismo. 
  • Faz bem para o funcionamento intestinal: por conter fibras e água, ajuda na formação do bolo fecal, estimula o funcionamento do intestino e evita a prisão de ventre.
  • Ajuda na prevenção do Alzheimer e outras demências: a Alface contém boas quantidades de Vitamina K – que ajuda na prevenção do Alzheimer e de outras doenças degenerativas.
  • Faz bem para a pele: contém Vitamina A e Vitamina C, o que evita o envelhecimento da pele e ainda dá força aos cabelos.
  • Bom para os ossos: a Alface contém osteocalcina – uma proteína que participa da manutenção óssea e aumenta a densidade dos ossos. Efeito antioxidante
  • Ajuda no sono: a hortaliça também tem lactucina no talo, que tem leve efeito tranqüilizante e estimula a produção da melatonina, o hormônio do sono.

O consumo da Alface pode fazer mal?

Não há restrições para o consumo dessa hortaliça.

O problema pode estar no tempero – devemos usar sal e óleo, por exemplo, com moderação.

Ainda, atenção a higienização!

Como a Alface é, em geral, consumida in natura, é preciso higienizar muito bem as folhas e talo.

O ideal é lavar a verdura em água corrente e até deixar se molho por cerca de 20 minutos em vinagre e suco de limão.

Também, remova as folhas escurecidas antes do consumo.

Propriedades nutricionais da Alface

Há algumas diferenças nos valores de acordo com o tipo da hortaliça, mas não são significativas.

Cada 100 g de Alface contêm (em média):

  • Energia: 10 kcal      
  • Fibras: 2 g
  • Vitamina C: 18 mg
  • Proteína: 1 g
  • Carboidratos: 0,2 g
  • Gordura: 0,1 g
  • Fósforo: 19 mg

Mais textos relacionados
Espinafre
espinafre

Famosa pelas suas propriedades nutricionais, em especial, os altos índices de ferro, o Espinafre ainda é uma hortaliça muito saborosa. Read more

Agrião
agriao

Com um sabor bem peculiar apimentado, o Agrião é uma hortaliça bastante consumida no Brasil, sobretudo em saladas. Ainda, pode Read more

Acelga
acelga

A Acelga se destaca por seu sabor suave, além de ser muito versátil na culinária, pois permite o consumo in Read more