24 de junho de 2022

Almeirão-do-campo

O Almeirão-do-campo (Hypochaeris radicata L.) se trata de uma planta nativa da região Sul do país.

Por muito anos era considerada apenas um mato qualquer.

Mas, atualmente, é considerada uma Planta Alimentícia Não Convencional (PANC) extremamente nutritiva e um ingrediente saboroso para receitas diversas.  

Hoje, é encontrada em todo o país, praticamente.

No entanto, o seu maior cultivo ainda se concentra no Sul do Brasil, em campos, matas, pomares.

A maior é durante o inverno.

Essa PANC é relativamente barata e fácil de encontrar.

Em feiras e supermercados de todo o país, a sua procura já é alta.

Também tem outros nomes populares, como: radite, chicória de roseta e almeirão do mato.

Propriedades Nutricionais do Almeirão-do-campo

O Almeirão-do-campo tem, em suas folhas, a maior concentração de nutrientes.

É uma PANC rica em fibras,  vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C e minerais: ferro, enxofre, zinco, cálcio, potássio e fósforo.

Além disso, contém antioxidantes.  

Com isso, além de dar sabores especiais às receitas, traz diversos benefícios a saúde.

Benefícios do Almeirão-do-Campo

Com tantas propriedades, como as citadas anteriormente, além de muito saboroso, essa PANC traz alguns benefícios à saúde muito importantes.

Os principais deles são:

  • Ação anticancerígena, devido a presença de antioxidantes.
  • Combate o envelhecimento precoce, também graças aos antioxidantes.
  • Estimula o bom funcionamento do intestino devido a alta concentração de fibras.
  • Tem ação anti-inflamatória.
  • Faz bem para as funções hepáticas, devido ao amargo de suas folhas.
  • Tem ação cicatrizante.
  • Ajuda a combater osteoporose, devido a presença do cálcio.
  • Equilibra os hormônios, pois é fonte de zinco.
  • Nutre o organismo de forma geral, em virtude de todas as suas propriedade nutricionais.

Almeirão-do-campo na cozinha

Essa PANC tem como característica principal o seu sabor amargo.

Chega a lembrar o gosto de outras hortaliças, como a catalonia.

Pode ser consumido como acompanhamento de pratos, em geral, refogado.

Também vai bem em diversas receitas, que podem ser sopas, cremes, saladas, entre outras delicias.

Receitas fáceis com Almeirão-do-campo

1 – Salada simples de almeirão-do-campo

  • 1 maço de Almeirão-do-campo;
  • ½ dente de alho;
  • Limão, azeite e sal agosto.
  1. Lave bem as folhas do Almeirão-do-campo e reserve.
  2. Descasque o alho e corte em pedaços nem miúdos.
  3. Junte ao alho, o sal, o limão e o azeite.
  4. Coloque o tempero acima sobre a hortaliça.
  5. Use outros ingrediente, se desejar, como tomates.

2 – Suco detox com Almeirão-do-campo

  • ½ maço de Almeirão-do-campo;
  • 1 folha de couve;
  • 1 pepino pequeno;
  • 1 rodela de abacaxi;
  • 1 maçã pequena descascada;
  1. Corte as hortaliças e as frutas em pequenos pedaços.
  2. Descasque o pepino e corte em cubos pequenos.
  3. Bata no liquidificador ou em um mixer todos os ingredientes com cerca de 300 ml água até formar um suco.
  4. Consuma imediatamente. Não guardar a bebida, os ingredientes podem perder suas propriedades nutricionais.

3 – Torta integral com Almeirão-do-campo

  • 1 maço de Almeirão-do-campo previamente cozido;
  • 1 xícara de chá de leite desnatado;
  • 12 colheres de sopa de farinha integral;
  • 2 ovos caipiras;
  • 1 colher de sopa rasa de manteiga;
  • 1 colher de sopa rasa de fermento em pó;
  • 150 g de queijo branco ou de ricota picado;3/4 de xícara de queijo minas meia cura picado em cubos;
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva;
  • 2 cebolas pequenas picadas;
  • 2 dentes de alho amassados;
  • sal, cereais e sementes a gosto.
  1. No liquidificador bata: os ovos inteiros, o leite desnatado, a farinha integral, o fermento, a manteiga e um pouco de sal.
  2. Bata até formar um massa homogênea.
  3. Reserve.
  4. Refogue o alho e a cebola no azeite.
  5. Ao refogado acima, adicione apenas os talos do Almeirão-do-campo, picados e refogue mais um pouco.
  6. Depois, adicione as folhas cozidas do Almeirão-do-campo e refogue rapidamente.
  7. Deixe esfriar.
  8. Acrescente ao refogado frio, os cubos do queijo e cereais e sementes (a gosto).
  9. Providencia uma forma e unte-a.
  10. Cubra o fundo da forma com cerca de 2/3 da massa.
  11. Por cima, coloque o recheio (o refogado).  
  12. Cubra com o restante da massa.
  13. Leve a forma em forno pré-aquecido em 190° C.
  14. Aguarde cerca de 40 minutos ou até que a massa fique dourada. Desligue e espere esfriar.
Mais textos relacionados
Lista com as principais PANCs (Plantas Alimentícias não convencionais)

Antes do "boom" dos alimentos industrializados quando ainda existia uma população rural grande era bem comum que as pessoas comesse Read more

Plantas Alimentícias Não Convencionais

Nos últimos anos, as PANCS (Plantas Alimentícias Não Convencionais) começaram a ganhar destaque na gastronomia e também na saúde, pelas Read more

Arumbeva
arumbeva

A Arumbeva (Opuntia elata Salm-Dyck) é mais uma PANC rica em propriedades nutricionais e que, há muito tempo, era usada Read more

Begônia
begonia

A Begônia se destaca pela beleza de suas flores. É usada há séculos para ornamentar ambientes. No entanto, de uns Read more

chá para infecção urinaria