3 de julho de 2022

Receita caseira para corrimento vaginal marrom

O corrimento vaginal marrom escuro é geralmente algo a causar alguma preocupação. Durante a menstruação o corrimento é o revestimento da parede uterina e isso é de costume ser na cor carmesim. 

Então quando uma mulher tem o corrimento marrom mais escuro, isso se torna uma razão para ficar atenta, caso seja algum problema mais sério.

Causas

O corrimento marrom não necessariamente é motivo de preocupação o tempo todo. 

Ele é frequentemente ligado a tecidos endometriais antigos. 

Portanto, se você estiver com o período menstrual atrasado, o corrimento pode ser mesmo marrom e não vermelho. 

Isso quer dizer que em seu último período, por algum motivo, todo o revestimento uterino não saiu como corrimento vaginal e agora, quando está saindo como corrimento marrom e velho. 

No entanto, isso pode ser um motivo de preocupação e pode ser mais do que células endometriais antigas. Alguns dos problemas de saúde que causam esse “mal” incluem:

  • menopausa;
  • perimenopausa;
  • doença da inflamação pélvica (PID);
  • câncer do útero ou
  • doenças sexualmente transmissíveis, como verrugas vaginais, clamídia e gonorreia.

O corrimento vaginal marrom comumente é causado também pelas seguintes razões:

  • O estresse e a depressão fazem com que o revestimento do útero se torne fino e também pode retardar o processo no qual o útero solta o revestimento. O atraso pode causar descoloração do sangue.
  • Às vezes coágulos sanguíneos podem causar corrimento acastanhado.
  • Certos medicamentos podem fazer com que o sangue fique marrom e descolorido. Isso geralmente acontece no caso de esteroides injetados e pílulas anticoncepcionais.
  • Às vezes, cistos rompidos no útero também podem fazer com que a secreção menstrual seja marrom-escura e descolorada.

Embora seja bastante comum experimentar uma menstruação marrom e pegajosa entre os períodos, é útil ter uma compreensão básica do significado dessas variações de cor, pois elas o ajudarão a identificar a causa do problema muito mais rapidamente. 

A cor mais comum do corrimento vaginal passa a ser branca e é mais frequente no início e no final do período. 

Isso não deve ser normalmente acompanhado de comichão e, se isso acontecer, pode ser uma indicação de infecção por fungos. 

Um corrimento claro e elástico é um indicador de que você está ovulando, enquanto uma descarga clara e aquosa é muito comum e ocorrerá em vários momentos ao longo do ciclo.

Um corrimento menstrual castanha escura ou preta é muito comum imediatamente após os períodos e nada mais é do que simplesmente uma “limpeza” da vagina.

No caso em que a cor marrom também é acompanhado por lesões na vagina, dor e um calor significativo sobre a área afetada, as chances são de que você está sofrendo de gonorréia. 

No entanto, se o conjunto de sintomas ser mais como uma perda de apetite, vômitos, corrimento no ânus e problemas de fertilidade, além do corrimento vaginal acastanhado, estes são todos os indicadores de que você poderia estar sofrendo de clamídia. 

Contudo, a melhor ideia antes de mais nada é ser examinada por um médico, a fim de obter o diagnóstico correto e completo da condição. 

Uma das possibilidades mais sérias que você precisa observar é o câncer do colo do útero – que também apresenta sintomas indicativos que incluem um corrimento vaginal marrom-escuro. 

Alguns dos outros sintomas muito proeminentes da condição incluem dor pélvica, perda de peso e apetite, bem como fadiga e dor nas pernas.

Em suma, é importante entender que a ocorrência é mais provável de ser uma limpeza normal do sistema e, se não, então, um sintoma relacionado a alguma condição médica mais grave. 

No caso em que é o último, faça um ponto para tratar a condição que o afeta, em vez de procurar tratamento para curar o sintoma. 

Receitas naturais para o corrimento vaginal marrom

O corrimento natural é realmente importante para manter a vagina saudável.

No entanto, por vezes, o estresse ou um estilo de vida sedentário pode ser um gatilho para o corrimento vaginal marrom.

Nesses casos, você pode tratar o problema usando alguns remédios caseiros simples. Sugerimos que você tente:

IOGURTEO iogurte é uma fonte de proteína de alta qualidade e também uma fonte de cálcio. É um elemento verdadeiramente valioso para eliminar essas secreções. Iogurte pode destruir bactérias nocivas em suas partes íntimas.

Você pode mergulhar um tampão no iogurte e colocá-lo dentro de sua vagina. Retire depois de uma hora.

Repita o procedimento duas vezes por dia.

Alternativamente, você pode “lavar” seu órgão sexual com um pouco de iogurte, deixar por cerca de 15 minutos e depois enxaguar com água morna.

Você sentirá uma melhoria logo após a primeira aplicação.

VINAGRE DE MAÇÃ O vinagre de maçã tem poderosos benefícios para o tratamento de muitas doenças. Este tônico natural é um ótimo agente de limpeza que pode destruir bactérias.

Basta colocar de 2 a 3 xícaras de vinagre de maçã orgânico na água morna do banho.

Ele irá contrabalançar a condição alcalina causada em sua vagina pelo cheiro que causa bactérias. O vinagre de maçã também pode aliviá-la da coceira e do odor ruim e forte.

CHÁ DE CAMOMILAO chá de camomila tem sido tradicionalmente usado para acalmar muitos problemas vaginais. Pode efetivamente tratar corrimento vaginal anormal e vaginite.

Basta preparar de 2 a 3 xícaras de chá de camomila e lavar sua vagina de 3 a 4 vezes ao dia. Seque com uma toalha limpa no final.

MUDE SUA ROUPA ÍNTIMA – Trocar a roupa interior algumas vezes por dia pode ajudar no problema.

Vai contribuir a manter as bactérias longe da vagina e também diminuirá seu desconforto e o odor.

Certifique-se de que você está usando o tipo certo de calcinha, já que usar o errado pode até mesmo estar causando o problema.

Você deve sempre usar roupas íntimas de algodão que forneçam boa ventilação.

Lembre-se, aqueles jeans skinny que você gosta de usar também podem estar causando o problema. Sua vagina precisa respirar.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E DIETA – Juntamente com os remédios caseiros, você deve seguir uma dieta saudável e bem equilibrada.

Coma alimentos com ricas fontes de vitaminas B, C, E e D. Essas vitaminas essenciais vão mantê-lo em forma.

Tente evitar alimentos que contenham levedura como cerveja, chocolate doce, vinagre e queijo.

Evite açúcar e amido.

Adicione muitas frutas frescas em seu plano de nutrição.

Cebola, limão, laranja e alguns dos alimentos que são benéficos para curá-lo deste problema.

Em resumo, remédios caseiros juntamente com uma higiene adequada e uma dieta bem balanceada cheia de vitaminas podem ajudá-la a se livrar do corrimento vaginal marrom anormal.

Adicione frutas frescas, especialmente frutas cítricas em sua dieta.

Evite leite e coma iogurte por algum tempo até que o corrimento vaginal diminua.

Além disso, evite café, chá e frituras porque podem causar irritação e sensação de queimação na vagina.

O tratamento médico é necessário no caso de infecção aguda.

Esta infecção pode se tornar crônica se não for tomado o cuidado apropriado para lidar com o problema.

O corrimento vaginal marrom, a leucorreia, está associado a níveis elevados de estresse e a um estilo de vida sedentário.

Então, você deve tentar levar uma vida mais saudável e tentar reduzir o estresse fazendo algum exercício.

Mais textos relacionados
Receita caseira para má circulação

Uma boa saúde envolve uma série de coisas, mas sem dúvidas uma delas é a de uma boa circulação sanguínea. Read more

Receitas caseiras para candidíase
vidro com bicarbonato de sodio

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans. O problema de saúde é muito frequente nas mulheres e Read more

8 receitas caseiras para febre

O estado de febre pode ser preocupante, mas ele é mais que isso. É um indicativo de que há algo Read more

3 Soluções caseiras expectorante
xícara com chá

Os remédios expectorantes são aqueles que são capazes de aliviar a tosse do tipo produtiva, popularmente conhecida como “tosse com Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

chá para infecção urinaria